Baseado na obra literária “O Lugre”, de Bernardo Santareno, o novo filme de Artur Ribeiro, “Terra Nova”, rodado no mar da Noruega, estreia nos cinemas portugueses a 19 de março.

O filme foi inteiramente filmado em alto mar a bordo do lugre Santa Maria Manuela, em 2018, uma produção ambiciosa de Ana Costa com coprodução luso-alemã entre a Cinemate (Portugal) e a Lightburst Pictures (Alemanha), com apoio do ICA e da NOS.

Este filme surgiu de um desafio que o Nicolau Breyner lançou em 2015, conta com grandes nomes da ficção nacional, como Virgílio Castelo, João Reis, João Catarré, Vítor D’Andrade, Miguel Borges, João Craveiro, Pedro Lacerda, Vítor Norte, entre outros.

O filme acompanha a viagem épica do lugre bacalhoeiro Terra Nova, quando num mau ano de pesca nos bacos do Labrador, o Capitão decide arriscar uma travessia nunca antes tentada até à Gronelândia à procura de mais peixe. Enquanto a tripulação enfrenta as tempestades e o frio do Atlântico Norte, o medo e conflito intensifica-se, numa luta aguerrida contra o mar e entre os homens, qual delas a mais mortífera.

“‘Terra Nova’ foi filmado ao longo de seis semanas, tendo o navio e o mar como cenários principais, numa longa travessia, entre auroras boreais, fiordes e Mar do Norte, desde a Noruega até à Holanda, e com cenas adicionais em Portugal. Uma produção ambiciosa, apenas possível graças à persistência e dedicação de toda uma equipa e elenco, capaz de experienciar o outro elemento da obra de Santareno, para além do drama humano: o mar, e que marcará, certamente, o espetador.”

“No centenário do nascimento de Bernardo Santareno, a proposta deste filme é trazer para o grande ecrã o que poderá ser considerada a última epopeia trágico-marítima de Portugal: a faina maior.”

Fazem parte do elenco Virgílio Castelo , Vítor D’Andrade, João Reis, Pedro Lacerda, Miguel Borges, João Craveiro, João Catarré, Ricardo de Sá, Vítor Norte, Miguel Partidário, Rodrigo Tomás, Paulo Manso, Manuel Sá Pessoa e Miguel Melo.