Fantasmas-Caminho-Longo-para-Casa-2020

Tiago Siopa vence o Prémio Doc Alliance 2020 com “Fantasmas: Caminho Longo para Casa”

Tiago Siopa venceu o Prémio Doc Alliance 2020 com o filme “Fantasmas: Caminho Longo para Casa”, a primeira longa-metragem do cineasta português.

Produzido pela Primeira Idade, o filme que já tinha arrecadado o Prémio de Melhor Filme da Competição de primeiras obras, First Lights, no Festival de Documentário de Jihlava 2020, recebe agora um prémio monetário de 5.000 euros para o desenvolvimento do seu próximo filme.

No filme, o realizador mergulha no universo da família paterna, na sua aldeia natal, procurando e revelando os fantasmas e as superstições que a habitam.

Nas palavras do júri, o filme é “profundamente enraizado no universo pessoal do realizador, ao mesmo tempo que aborda a ideia de colectivo – o particular e o geral, o psíquico e o não psíquico, surgem entrelaçados uns nos outros, criando uma nova e imersiva realidade”.

O filme escolhido pelo Doclisboa integrou o Arché – Espaço de Desenvolvimento Criativo da Apordoc, em 2018, sob a tutoria de Andrés Duque, tendo vencido o Prémio RTP para melhor projecto, e teve a sua estreia mundial no Doclisboa 2019, na competição portuguesa.

O filme encontra-se disponível na plataforma da Dafilms até dia 24 de dezembro, juntamente com “Never Whistle Alone” e “El Father Plays Himself”.

A rede Doc Alliance, destinada a apoiar o cinema documental europeu independente, integra os festivais Doclisboa (Portugal), CPH:DOX Copenhagen (Dinamarca), o DOK Lepizig (Alemanha), o FID Marseille (França), o Jihlava International Documentary Film Festival (República Checa), o Docs Agains Gravity (Polónia) e o Visions du Réel (Suíça).