will-smith-oscares-2022

Will Smith pede desculpas a Chris Rock por agressão

Vinte e quatro horas depois da 94.ª cerimónia dos Óscares terminar, com “CODA: No Ritmo do Coração” a vencer em três categorias, incluindo a de Melhor Filme, as atenções estiveram todas, não nos vencedores de 2022, mas sim na agressão de Will Smith a Chris Rock, depois de o humorista ter feito uma piada sobre Jada Pinkett Smith.

Will Smith, vencedor do Óscar de Melhor Ator por “King Richard: Para Além do Jogo”, publicou na sua conta de instagram um pedido de desculpas por ter dado um estalo a Chris Rock no palco da cerimónia dos Óscares. O Ator admitiu que passou dos limites e que o seu comportamento foi “inaceitável e indesculpável”.

“A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. O meu comportamento nos Óscares de ontem à noite foi inaceitável e indesculpável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada foi demais para mim e reagi emocionalmente”, escreveu Smith. “Gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. (…) Passei dos limites e errei. Tenho vergonha e os meus atos não corresponderam ao homem que eu quero ser”, afirmou o ator numa declaração escrita no Instagram.

O post continua: “Eu também gostaria de pedir desculpa à Academia, aos produtores do programa, a todos os participantes e a todos os que assistiram em todo o mundo. Eu gostaria de pedir desculpar à Família Williams e à minha Família King Richard. Lamento profundamente que o meu comportamento tenha manchado o que tem sido uma jornada linda para todos nós. Eu sou um trabalho em andamento.”

A briga aconteceu quando o humorista Chris Rock subiu ao palco para apresentar os nomeados à categoria de Melhor Documentário e fez uma piada sobre oo cabelo rapado de Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith. Este não gostou da piada e subiu ao palco para dar uma estalada a Chris Rock e regressou ao seu lugar, onde gritou duas vezes: “Mantém o nome da minha mulher longe da puta da tua boca”.

O momento surpreendeu os presentes no Dolby Theatre e todos os espectadores que viram em direto aquela agressão, o que gerou grande contestação nas redes sociais e vários comentários nas televisões e jornais de todo o mundo.

Minutos depois da agressão, Will Smith voltou a subir ao palco para receber o seu primeiro Óscar e no seu discurso pediu desculpas à Academia, mas não a Chris Rock: “Quero pedir desculpa à Academia. Quero pedir desculpa a todos os meus colegas nomeados. (…) “A arte imita a vida. Eu pareço o pai maluco, assim como Richard Williams. Mas o amor vai levar-te a fazer coisas malucas.”, Will Smith no seu discurso de vitória.

Academia condena agressões e abre inquérito

Entretanto, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas pronunciou-se nas redes sociais sobre aquele que foi o momento mais polémico dos Óscares 2022, e que certamente não será esquecido. No Twitter, a Academia escreveu que “não tolera qualquer tipo de violência. Esta noite, temos o prazer de celebrar os nossos vencedores dos 94.º Óscares, que merecem este momento de reconhecimento dos seus colegas e amantes do cinema em todo o mundo”.

Horas depois a Academia anunciou que abriu um inquérito interno ao caso de agressão e que está a ponderar medidas a aplicar. Will Smith pode vir a enfrentar algum tipo de ação disciplinar ou sanção, embora seja improvável que ele perca o seu Óscar. Pelos seus padrões oficiais de conduta, a Academia afirma que se “opõe categoricamente a qualquer forma de abuso”.

Chris Rock recusa fazer queixa à polícia

A Variety avançou que o Departamento de Polícia de Los Angeles teve conhecimento da agressão durante a 94.ª cerimónia dos Óscares, no passado dia 27 de março, e que Chris Rock “se recusou a registrar um boletim de ocorrência”.

Numa declaração completa do Departamento de Polícia de Los Angeles diz: “As entidades de investigação da LAPD estão cientes de um incidente entre dois indivíduos durante o programa dos Óscares. O incidente envolveu um indivíduo que bateu noutro. O indivíduo envolvido recusou-se a registrar um boletim da ocorrência. Se a parte envolvida desejar um relatório policial numa data posterior, a LAPD estará disponível para concluir um relatório de investigação.”

Skip to content