20 títulos de filmes que são bem diferentes em Portugal e no Brasil

É consenso na comunidade lusófona que não é porque Portugal e Brasil falam a mesma língua que os nomes de filmes estrangeiros são adaptados ou traduzidos da mesma forma. Nessa perspectiva, você já deve ter percebido que algumas produções ganham títulos bem diferentes nos dois países.

Por exemplo, aqui em Portugal o título do filme “The Girl on the Train” foi traduzido para “A rapariga no comboio”, já em terras brasileiras o filme de Tete Taylor ganhou o nome de “A garota no trem”. Bom, em tese, no quesito linguístico há apenas diferenças no vocabulário do português europeu e brasileiro.

© The Girl on the Train / DreamWorks

Entretanto, outros filmes ficaram com títulos bem curiosos, como é o caso do clássico da Disney “The Parent Trap”, que no Brasil ganhou o nome de “Operação Cupido”, já aqui em Portugal o longa estrelado por Dennis Quaid, Natasha Richardson e Lindsay Lohan ganhou o nome de “Pai para ti, Mãe para Mim”.

© The Parent Trap / Walt Disney Pictures

De acordo com Nádia Tamanaha, da revista brasileira Superinteressante, a primeira opção é a tradução literal, por causa das expressões típicas de cada língua, porém, às vezes essa não é a melhor saída. Quando não rola traduzir ao pé da letra, o pessoal do marketing lê a sinopse, revê o trailer e, quando dá, assiste ao filme antes da estreia.

Por conseguinte, acontece que o título na maioria das vezes não é traduzido, mas recriado pelo departamento de marketing das distribuidoras ou até pelas emissoras. Nada mais é, do que um apelo comercial. Ademais, o sucesso do filme depende em grande parte, do quanto nos sentimos atraídos por seu título e se sentimos vontade de assisti-lo.

Nesse sentido, o nome de um longa-metragem estrangeiro também precisa ser contextualizado a língua de quem o assistirá, ou seja, deve ser condizente com a realidade cultural e com os interesses de cada país. O que difere muito entre nós da comunidade lusófona.

Bora de mais um exemplo: o filme “What’s eating Gilbert Grape?” quando traduzido literalmente para o português fica “O que/quem está comendo Gilbert Grape?”, para nós, brasileiros e portugueses ficaria um pouco sem significado, entretanto para os estadunidenses faz muito sentido, já que alguns deles vivem em torno da comida e o filme fala disso o tempo todo. O título em Portugal ficou “Gilbert Grape”, e no Brasil ficou “Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador”.

© What’s eating Gilbert Grape? / Paramount Pictures Corp

Contudo, também existem filmes que não sofrem nenhuma modificação no título original. Ou porque grandes diretores (Tarantino é um deles) exigem a tradução literal, mesmo que não faça sentido em outra língua, ou porque são marcas conhecidas mundialmente (Superman, Star Trek, Star Wars, entre outros). A lista de títulos diferentes é muito extensa. Felizmente, hoje em dia muitos títulos estão sendo traduzidos ao pé da letra, com um significado válido para todos os país da comunidade lusófona.

Caro amigo cinéfilo, de qualquer forma, quando você ver um título diferente aqui em Portugal e lá no Brasil outro, não culpe o tradutor, ele não tem “culpa”. Afinal, quem adapta o nome de filmes “gringos” para o mercado brasileiro e português é o departamento de marketing das distribuidoras.

Em vista disso, nós do Cinema Sétima Arte preparamos uma listinha com alguns títulos.

 

Confira abaixo a lista:

Meninas Malvadas (BR) / Giras e Terríveis (PT)

 

Bastardos Inglórios (BR) / Sacanas Sem Lei (PT)

 

Curtindo a Vida Adoidado (BR) / O Rei Dos Gazeteiros (PT)

 

Como se Fosse a Primeira Vez (BR) / A Minha Namorada Tem Amnésia (PT)

 

Doze é Demais (BR) / À dúzia é mais barato (PT)

 

Onze Homens e um Segredo (BR) / Ocean’s Eleven, Façam as suas Apostas (PT)

 

O Poderoso Chefão (BR) / O Padrinho (PT)

 

Pequena Miss Sunshine (BR) / Uma Família à Beira de um Ataque de Nervos (PT)

 

Garota Exemplar (BR) / Em Parte Incerta (PT)

 

Minions (BR) / Mínimos (PT)

 

Duro de Matar (BR) / Assalto ao Arranha-céus (PT)

 

Um Estranho no Ninho (BR) / Voando Sobre um Ninho de Cucos (PT)

 

As Branquelas (BR) / Loiras à Força (PT)

 

Um Corpo que Cai (BR) / A Mulher que Viveu Duas Vezes (PT)

 

Corra Que a Polícia Vem Aí (BR) / Aonde É Que Pára a Polícia? (PT)

 

Homens Brancos Não Sabem Enterrar (BR) / Brancos Não Sabem Meter (PT)

 

Penetras Bons de Bico (BR) / Os Fura Casamentos (PT)

 

Gente Grande (BR) / Miúdos e Graúdos (PT)

 

Casamento Grego 2 (BR) / Viram-se Novamente Gregos para Casar (PT)

 

A Menina que Brincava com Fogo (BR) / A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo (PT)

Skip to content