MOTELx – Festival Internacional de Cinema de Terror, já vai na sua 5ª edição e levará, entre os dias 7 a 11 de Setembro no cinema S.Jorge em Lisboa, 12 curtas metragens portuguesas em competição, para a Melhor Curta de Terror Portuguesa.

 

Os principais destaques deste festival são: “Burke and Hare” (2010) de John Landis, “The Ward” (2010) de John Carpenter, “The Violent Kids” (2010) de Mitchell Altieri e Phill Flores, “Stake Land” (2010) de Jim Mickle, “Mother Day” (2010) de Darren Lynn Bousman, “The Shire” (2010) de Jon Knautz e “The Woman” (2011) de Lucky Mckee.

 

A secção Quarto Perdido, dedicada a filmes antigos do panorama nacional  exibirá “Cartas de Amor de Uma Freira Portuguesa” (1977), do realizador Jesus Franco que no elenco inclui Ana Zanatti, Vítor de Sousa, Nicolau Breyner, Herman José, José Viana e Vítor Mendes; e “O Barão” (2010) a nova longa-metragem de Edgar Pêra, que foi exibida no IndieLisboa 2011.

 

A programação da edição deste ano, segundo a organização, “pretende centrar-se mais no futuro e menos no passado, propondo um debate sobre o estado atual do cinema de terror no mundo”.

 

O homenageado da quinta edição é Eli Roth, realizador do filme “Hostel” e ator em “Sacanas Sem Lei”, que terá direito a uma retrospectiva, tal como o realizador japonês Sion Sono, “um dos novos autores do cinema de género”. O júri deste ano é constituído pelo ator, realizador e produtor Nicolau Breyner e pelo realizador Frederico Serra, aos quais se juntará um convidado internacional ainda por anunciar.

 

Para mais informações, consulte o site oficial do festival – www.motelx.org