O Cinema 7.ª Arte comemora hoje seis anos de existência. Este ano ficou marcado pela entrada de dois novos colaboradores que criaram duas novas rubricas no site: “As Escolhas de Sofia” (da autoria de Sofia Correia Pinto) e “Time waits for no one” (da autoria de Luís Carneiro Ferreira). Ambas irão retomar a sua atividade regular já em outubro, depois de uma pausa durante o verão. Outra rubrica nova que criámos foi “Charlot & Eu”, alusiva às comemorações do centenário de Charlot – O Vagabundo (1914-2014). 2014 é um ano marcante para a sétima arte, pois comemora-se os 100 anos do pequeno vagabundo, Charlot, (ler artigo aqui) e os 125 anos do seu criador, Charlie Chaplin (ler artigo aqui). Quanto à rubrica “Querido Diário: Edição Cineclubes”, que teve grande destaque em 2013, está em vias de regressar ainda este ano para uma segunda viagem aos cineclubes de Portugal.

Queremos também destacar dois acontecimentos que marcaram 2014: o encerramento temporário dos estúdios Ghibli e a morte do grande Robin Williams; não esquecendo, claro, nomes como Alain Resnais, Philip Seymour Hoffman e Peter O’Toole.

Relembramos ainda que em junho o Cinema 7.ª Arte foi convidado especial da sessão #28 do Shortcutz Xpress Viseu. Foi uma experiência que nos marcou bastante, pois permitiu-nos chegar a um novo público, divulgar o trabalho destes seis anos e podemos ainda apresentar a curta cubana “Pela Primeira Vez”, de Octavio Cortázar (1967).

Destacamos o especial “Imagem & Revolução: 40 Anos de Abril”, um especial com vários artigos dedicados ao cinema português dos primeiros anos da revolução.

Continuamos a divulgar o cinema. É esse o nosso objetivo principal, tentando sempre suscitar o debate e formar novos públicos.

Obrigado aos nossos leitores.