Depois do fantástico e arrepiante «SweeneyTodd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street» (2007), Tim Burton traz-nos um remake de «Alice no País das Maravilhas». Esta fábula de Lewis Carrol já foi adaptada para o cinema várias vezes, «Alice no País das Fadas» (1933), «Alice no Paísdas Maravilhas» (1972), «Sonhos de Criança» (1985), «Alice» (1988 ) e a versão mais famosa de todas é, «Alice no País das Fadas» (1951), uma animação da Disney. Tim Burton é um realizador singular e um visionário. Apreciado em todo o Mundo pela sua incrível e terrorífica obra, Burton realizou uma nova versão de «Alice no País das Maravilhas», com o seu ator fetiche, Johnny Depp.

A ação passa-se alguns anos depois de Alice (Mia Wasikowska) ter entrado no País das Maravilhas. Alice, já com 19 anos, cai num buraco de toca de coelho, entrando, novamente, no País das Maravilhas. Esta reencontra os seus amigos de infância, o Coelho Branco, Tweedledee e Tweedledum, a Ratazana, a Lagarta, o Gato Cheshire, e claro, o Chapeleiro Louco (Johnny Depp). Alice não se lembra dos seus amigos, achando sempre que é tudo um sonho. O objectivo da chegada de Alice é acabar com o reino de terror da Rainha Vermelha (Helena Bonham Carter). Para isso terá que roubar uma espada,que está guardada no castelo da Rainha Vermelha, e levá-la à Rainha Branca. Só com essa espada é que Alice poderá derrotar o reino da Rainha Vermelha.

Este filme está repleto de efeitos especiais, o universo criado por Burton é simplesmente fantástico. Tim Burton nunca poderia fazer este filme, com sublimes criaturas imaginadas por si, sem a atual tecnologia, onde acabou por usar o 3D. Ao contrário de James Cameron em «Avatar», Burton não “abusou” dos efeitos especiais, em «Alice no País das Maravilhas», tentando manter-se fiel ao seu estilo clássico. Cameron é muito “mecânico”, enquanto que Burton, transforma-se num pintor e pinta o mundo de Alice.

O elenco é muito bom, com Johnny Depp no papel principal a fazer de o chapeleiro louco. Johnny Depp consegue sempre surpreender-nos, é capaz de interpretar personagens de estilos completamente diferentes. A mulher de Burton, Helena Bonham Carter, esteve muito bem no papel de Rainha Vermelha, talvez um dos seus melhores papéis da carreira.

Apesar de tudo isto, este filme de Tim Burton não é, na minha opinião, o seu melhor. Com tanta campanha publicitária a «Alice no País das Maravilhas», esperava-se mais de Burton. De qualquer das formas, é um filme para toda a família se divertir. O universo de Tim Burton continua a surpreender-nos.

Realização: Tim Burton

Argumento: Linda Woolverton

Elenco: Helena Bonham Carter, Mia Wasikowska, Johnny Depp

EUA/20010 – Acção/Aventura

Sinopse: Alice, agora com 19 anos, regressa ao excêntrico mundo que encontrou pela primeira vez quando era criança reunindo-se assim com os seus amigos de infância: o Coelho Branco, Tweedledee e Tweedledum, a Ratazana, a Lagarta, o Gato Cheshire, e claro, o Chapeleiro Louco. Alice embarca numa fantástica viagem para encontrar o seu verdadeiro destino e acabar com o reino de terror da Rainha Vermelha…

«Alice no País das Maravilhas» - A "Alice" de Burton
3.0Valor Total
Votação do Leitor 0 Votos