abracos-desfeitos-almodovar-2009-1
"Abraços Desfeitos" (2009)

Almodóvar e Chaplin chegam à Filmin Portugal em dezembro

A 15 de dezembro, a plataforma de streaming Filmin Portugal vai adicionar ao seu vasto catálogo filmes do cineasta espanhol Pedro Almodóvar e clássicos do mestre Charlie Chaplin.

A plataforma faz um foco em Almodóvar, o premiado e o mais popular realizador espanhol, com quinze obras que tornaram o cineasta no mestre do melodrama. Os clássicos: “Negros Hábitos” (1983), “O Que Fiz Eu para Merecer Isto?” (1984), “A Lei do Desejo” (1987), “Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos” (1988), “Saltos Altos” (1991), “A Flor do Meu Segredo” (1995), “Kika” (1993), “Em Carne Viva” (1997), “Fala com Ela” (2002), “Má Educação” (2003) e “Voltar” (2006) vão chegar à Filmin. E ainda os seus filmes mais recentes: “Abraços Desfeitos” (2009), “A Pele onde eu vivo” (2011), “Os Amantes Passageiros” (2013), “Julieta” (2016) e “Dor e Glória” (2019).

O seu mais recente filme chama-se “Mães Paralelas”, novamente protagonizado por Penélope Cruz, e estreou nos cinemas nacionais a 1 de dezembro, tendo já sido visto por cerca de seis mil espectadores.

Quanto aos clássicos de Chaplin, a plataforma vai receber quatro das suas longas-metragens, clássicos incontornáveis da história do cinema: “O Garoto de Charlot” (1921), “Tempos Modernos” (1936), “O Grande Ditador” (1940) e “A Quimera do Ouro” (1925).

O clássico “O Garoto de Charlot” (“The Kid”), que assinala este ano o seu 100.º aniversário, será lançado a 16 de dezembro na Filmin Portugal, numa versão restaurada, que irá também estrear nas salas de cinema este mês, pela Midas Filmes.

Skip to content