A organização do festival revelou esta manhã em conferência de imprensa a selecção oficial da 72.ª edição do Festival de Cannes, que irá acontecer de 14 a 25 de maio de 2019. A selecção oficial a competir pela Palma de Ouro trás de volta conceituados realizadores como Jim Jarmusch, Pedro Almodóvar, Terrence Malick, Xavier Dolan, os irmãos Dardenne, Ken Loach, Kleber Mendonça Filho e Corneliu Porumboiu.

A secção competitiva conta com 19 longas-metragens das quais se destacam por exemplo: o já confirmado “The Dead Don’t Die”, de Jim Jarmusch, que será o filme de abertura; “Matthias Et Maxime”, do cineasta canadiense Xavier Dolan, que regressa a Cannes pela sexta vez com um filme, depois de ter vencido em 2016 o Grande Prémio do Júri e o Prémio do Júri Ecuménico com “Tão Só o Fim do Mundo”; “Dolor Y Gloria”, do espanhol Pedro Almodóvar, que regressa a Cannes também pela sexta vez, com mais um filme protagonizado por Antonio Banderas; “Le Jeune Ahmed”, dos irmãos belgas Dardenne, que marcam presença no festival francês pela nona vez, tendo já vencido duas Palmas de Ouro, uma em 1999 e outra em 2005; “Roubaix, Une Lumière”, de Arnaud Desplechin, volta a Cannes pela oitava vez; “Sorry We Missed You”, do veterano Ken Loach, que vê um filme seu a ser estreado na Croisette pela décima sétima vez, depois de já ter vencido duas Palmas de Ouro, uma em 2006 e outra em 2016; “A Hidden Life”, de Terrence Malick, que não passava por Cannes desde que venceu a Palma de Ouro em 2011, por “A Árvore da Vida”; “Frankie”, do norte-americano Ira Sachs, com Isabelle Huppert, e filmado em Portugal, que se estreia no festival; “It Must Be Heaven”, do palestiniano Elia Suleiman, regressa pela quarta vez.

“The Dead Don’t Die” é uma estreia de Jarmusch no género de terror, que promete ser “o maior elenco de zombies já reunido”, contando com: Bill Murray, Adam Driver, Tilda Swinton, Chloë Sevigny, Steve Buscemi, Danny Glover, Caleb Landry Jones, Rosie Perez, Iggy Pop, Selena Gomez, RZA, Sara Driver, Mordomo de Austin, Luka Sabbat, Eszter Balint, Carol Kane e Tom Waits. O filme também reúne muitos dos colaboradores frequentes de Jarmusch, incluindo o diretor de fotografia Frederick Elmes e o editor Affonso Gonçalves. Esta comédia negra sobre zombies, que é também uma homenagem ao filme de culto de George Romero, “A Noite dos Mortos Vivos”, mas também uma homenagem ao próprio cinema, é a décima terceira longa-metragem do realizador norte-americano, conhecido por filmes como “Para além do Paraíso” (1984), “Homem Morto”(1995), “Café e Cigarros” (2003) ou “Flores Partidas” (2005).

A secção Un Certain Regard conta com filmes como “Joan of Arc”, de Bruno Dumont, “Chambre 212”, de Christophe Honoré, “The Climb”, de Michael Covino (primeira longa-metragem), “Liberté”, de Albert Serra, e “Liu Yu Tian”, de Zu Feng (primeira longa-metragem).

Nas restantes secções não oficiais surgem nomes como Nicolas Winding Refn (com “Too Old To Die Young – North of Hollywood, West of Hell”), Claude Lelouch (com “The Best Years of a Life”), Abel Ferrera (com “Tommaso”), Werner Herzog (com “Family Romance, LLC.”).

O realizador Alejandro González Iñárritu será o Presidente do Júri da secção competitiva e a realizadora Nadine Labaki irá presidir a secção Un Certain Regard.

A edição 72 de Cannes conta com uma selecção muito forte, no ano em que se presta homenagem à cineasta Agnès Varda, falecida a 29 de março de 2019 – “Agnès Varda será a luz inspiradora”.

Competição Oficial
The Dead Don’t Die, de Jim Jarmusch (Filme de Abertura)
Dolor Y Gloria, de Pedro Almodóvar
Il Traditore, de Marco Bellocchio
Gisaengchung, de Bong Joon Ho
Le Jeune Ahmed, de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
Roubaix, Une Lumière, de Arnaud Desplechin
Nan Fang Che Zhan De Ju Hu, de Diao Yinan
Atlantique, de Mati Diop
Matthias Et Maxime, de Xavier Dolan
Little Joe, de Jessica Hausner
Sorry We Missed You, de Ken Loach
Les Misérables, de Ladj Ly
A Hidden Life, de Terrence Malick
Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles
La Gomera, de Corneliu Porumboiu
Frankie, de Ira Sachs
Portrait de la Jeune Fille en Feu, de Céline Sciamma
It Must Be Heaven, de Elia Suleiman
Sibyl, de Justine Triet

Un Certain Regard
Vida Invisivel, de Karim Ainouz
EVGE, de Nariman Aliev
Dylda, de Kantemir Balagov
The Swallows of Kabul, de Zabou Breitman e Eléa Gobé Mévellec
A Brother’s Love, de Monia Chokri
The Climb, de Michael Covino
Joan of Arc, de Bruno Dumont
Chambre 212, de Christophe Honoré
O Que Arde, de Oliver Laxe
Port Authority, de Danielle Lessovitz
Papicha, de Mounia Meddour
Zhuo Ren Mi Mi, de Midi Z
Liberté, de Albert Serra
Bull, de Annie Silverstein
Adam, de Maryam Touzani
Liu Yu Tian, de Zu Feng

Fora de Competição
La Belle Époque, de Nicolas Bedos
Rocketman, de Dexter Fletcher
Diego Maradona, de Asif Kapadia
The Best Years of a Life, de Claude Lelouch
Too Old To Die Young – North of Hollywood, West of Hell, de Nicolas Winding Refn

Sessões da Meia-Noite
The Gangster, The Cop, The Devil, de Lee Won-Tae

Sessões Especiais
For Sama, de Waad Ali Kateab e Edward Watts
Share, de Pippa Bianco
Être Vivant et le Savoir, de Alain Cavalier
Tommaso, de Abel Ferrera
Family Romance, LLC., de Werner Herzog