O Cinema Trindade está em festa até dia 16 de fevereiro para comemorar o seu segundo aniversário. São 28 filmes, divididos por por quatro eixos, sendo eles Antestreias, Realizador em Foco: Gabriel Mascaro, Via Latina e Portugal Cinema.

O programa especial arrancou no dia 5 de fevereiro (data do aniversário) com a exibição de “Pássaros de Verão”, de Cristina Gallego e Ciro Guerra, e conta com mais antestreias como, por exemplo, “A Favorita”, de Yorgos Lanthimos, “Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos”, de João Salaviza e Renée Nader Messora, “Pardais” de Rúnar Rúnarsson, e “Se Esta Rua Falasse”, de Barry Jenkins.

Quanto ao cinema português, destaque para “O Homem-Pykante – Diálogos Kom Pimenta”, de Edgar Pêra, “1960”, de Rodrigo Areias, e “Alice” de Marco Martins.

O realizador em foco é o jovem brasileiro Gabriel Mascaro, que conta com cinco filmes: “Um Lugar ao Sol” (2009), “Avenida Brasília Formosa” (2010), “Doméstica” (2012), “Ventos de Agosto” (2014) e “Boi Neon” (2015).

O Trindade abriu, pela primeira vez, em 1916. Na altura chamava-se “Salão Jardim Trindade” e tinha uma sala com mais de mil lugares e um terraço para cinema ao ar livre. Foi uma das salas mais frequentadas da cidade. Em meados da década de 1980, o Trindade (que pertenceu à empresa Neves & Pascaud, família detentora de várias salas de cinema do Porto) passou a ter duas salas de menor lotação.

Foi a partir dessa década que os cinemas da cidade começaram a fechar portas. Uma delas foi o Trindade, em 2000. Após 16 anos de portas fechadas, o Trindade reabriu (em 2017) levando à baixa do Porto sessões regulares de cinema com uma programação de grande qualidade.

Programa

DIA 5
21:45 – Pássaros de Verão, de Cristina Gallego e Ciro Guerra [Antestreia / Via Latina]

DIA 6
19:30 – Cafarnaum, de Nadine Labaki [Antestreia]
21:45 – A Favorita, de Yorgos Lanthimos [Antestreia]

DIA 7
21:45 – As Herdeiras, de Marcelo Martenessi [Antestreia / Via Latina]

DIA 8
21:45 – The Reports on Sarah and Saleem, de Muayad Alayan [Antestreia]

DIA 9
15:00 – A Serpente, de Jura Capela [Via Latina]
16:20 – O Homem-Pykante – Diálogos Kom Pimenta, de Edgar Pêra [Portugal Cinema]
18:00 – The Last Time I Saw Macau / A Ultima Vez Que Vi Macau, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata [Portugal Cinema]
21:45 – Caminhos Magnétykos, de Edgar Pêra [Antestreia / Portugal Cinema]

DIA 10
16:15 – Alice, de Marco Martins [Portugal Cinema]
18:00 – Los Leones, de André Lage [Via Latina]
19:30 – Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos [Via Latina]
21:45 – Chien, de Samuel Benchetrit [Antestreia]

DIA 11
18:00 – Um Lugar ao Sol, de Gabriel Mascaro [Realizador em Foco]
21:45 – Pardais, de Rúnar Rúnarsson [Antestreia]

DIA 12
18:00 – Avenida Brasília Formosa, de Gabriel Mascaro [Realizador em Foco]
21:45 – PETRA, de Jaime Rosales [Antestreia]

DIA 13
18:00 – Doméstica, de Gabriel Mascaro [Realizador em Foco]
21:45 – Ayka, de Sergei Dvortsevoy [Antestreia]

DIA 14
18:00 – Ventos de Agosto, de Gabriel Mascaro [Realizador em Foco]
21:45 – Se Esta Rua Falasse, de Barry Jenkins [Antestreia]

DIA 15
18:00 – 1960, de Rodrigo Areias [Portugal Cinema]
19:15 – Boi Neon, de Gabriel Mascaro [Realizador em Foco]
21:00 – Tinta Bruta, de Filipe Matzembacher e Márcio Reolon [Antestreia]
23:00 – Las Hijas del Fuego, de Albertina Carri [Via Latina]

DIA 16
16:15 – La Camarista, de Lila Avilés [Via Latina]
18:00 – Rabo de Peixe, de Joaquim Pinto e Nuno Leonel [Portugal Cinema]
19:30 – Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos [Via Latina]
21:45 – Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos, de João Salaviza e Renée Nader Messora [Antestreia / Portugal Cinema]