Terminou ontem (16 de Julho) a 19ª edição do Curtas Vila do Conde com a entrega dos prémios. Pedro Costa é o grande vencedor do Curtas Vila do Conde 2011, com a curta-metragem “O Nosso Homem”, que venceu o prémio de Melhor FIlme da Competição Nacional. Ainda dentro do panorama nacional, a curta “Artur”, da Universidade Católica do Porto, realizada por Flávio Pires, venceu na secção competitiva Take One!. Na competição internacional, o Grande Prémio Cidade Vila do Conde foi para o filme francês, “Boro in the Box”, de Bertrand Mandico.

Na edição de 2011 estiveram em competição 19 filmes portugueses e 34 filmes de todo o mundo. Passaram ainda pelo certame as curtas: “Estrada de Palha” de Rodrigo Areias, “Os Painéis de São Vicente de Fora, Visão Poética” de Manoel de Oliveira “Scenes from the Suburbs” de Spike Jonze,  

 

Competição Internacional

Grande Prémio Cidade Vila do Conde

“Boro in the Box” (França), de Bertrand Mandico

Melhor Ficção

“Petit Tailleur” (França), de Louis Garrel

Melhor Documentário

“Get Out of the Car” (EUA), de Thom Andersen

Melhor Animação

“Wakaranai Buta” (Japão), de Atsushi Wada

Melhor Curta Europeia

“Dimanches” (Bélgica), de Valéry Rosie

 

Competição Nacional

Melhor Filme

“O Nosso Homem”, de Pedro Costa

Menções honrosas

“Fratelli”, de Gabriel Abrantes e Alexandre Melo

“Peixe Azul”, de Tiago Rosa-Rosso

 

Melhor Fotografia

Carlos Catalan, por “North Atlantic”, de Bernardo Nascimento

Prémio do Público
“Apele Tac” (Roménia/Alemanha), de Anca Miruna Lazarescu

Competição Experimental
“The Pushcarts Leave Eternity Street” (EUA), de Ken Jacobs

Competição Videos Musicais
“Release the Freq” (Noruega), de Kim Holm

Curtinhas (Curtas-metragens para crianças) 
“Ormie” (Canadá), de Rob Silvestri

Take One (Competição de filmes de escola) 
“Artur”, de Flávio Pires

Prémio Onda Curta
“Apele Tac”
“Maska” (Polónia/Grã-Bretanha), dos irmãos Quay