"12 Years a Slave" (2013)_1

O destaque da semana, o primeiro de 2014, vai para “12 Anos Escravo”, um filme dramático realizado por Steve McQueen (“Vergonha”, “Fome”), que procurou aprofundar a história da escravatura nos EUA e abordá-la segundo uma perspectiva mais realista, a partir de factos verídicos. Tem como base as memórias do próprio Solomon Northup, que foi raptado e vendido como escravo em meados do século XIX. “12 Anos Escravo” recebeu sete nomeações para os Globos de Ouro. O elenco inclui ainda Michael Fassbender, Benedict Cumberbatch, Brad Pitt, Paul Giamatti, Paul Dano e Lupita Nyong’o. “12 Anos Escravo” estreia hoje nas salas de cinema nacionais.

EUA, 1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um negro livre, vive em Nova Iorque com a mulher e as duas filhas. Leva uma existência tranquila, entre os dotes de carpinteiro e o talento para tocar violino. Atraído pela ideia de uma vida melhor, aceita o convite de dois homens para entrar numa digressão. Porém, a glória e o lucro prometidos transformam-se num pesadelo quando, após uma noite de copos, ele acorda acorrentado. A partir desse momento, torna-se escravo. Agora é tratado por Platt, nome que lhe dão para esconder a sua condição de homem livre, e é violentamente forçado a omitir a sua identidade. É comprado pelo dono de uma plantação no Louisiana, onde passará 12 anos até ser finalmente libertado.

Sinopse: Cinecartaz Público