Destaque da Semana: “É Na Terra Não é Na Lua”

O destaque desta semana vai para o documentário/diário/filme-ensaio português “É Na Terra Não é Na Lua”, a segunda longa-metragem de Gonçalo Tocha depois de “Balaou” em 2007. Foi o vencedor DocLisboa 2011, com a atribuição do Grande Prémio Cidade de Lisboa para melhor longa ou média-metragem. Chega hoje aos cinemas nacionais.

 

A ilha do Corvo é a mais pequena ilha do Arquipélago dos Açores. Localiza-se no Grupo Ocidental, a norte da Ilha das Flores. Ocupa uma superfície total de 17,13 km², com 6,5 km de comprimento por 4 km de largura. É formada por uma única montanha vulcânica extinta, o Monte Gordo, coroado com uma ampla cratera com 3,7 km de perímetro e 300 metros de profundidade e onde se aloja a Lagoa do Caldeirão. Tem uma única vila habitada por 450 pessoas, uma estrada, uma câmara municipal, um avião três vezes por semana, um posto médico, um infantário, uma escola, uma igreja, um restaurante…Em 2007, um operador de câmara e um técnico de som chegam à ilha dispostos a filmar tudo o que ali se passa. Ao pouco são tratados como família pelos seus habitantes e, com eles, vão contar a sua História e as suas histórias.

Sinopse: Cinecartaz Público