Quando-Passam-as-Cegonhas

Doclisboa 2020: Retrospectiva dedicada ao cinema da Geórgia

A 18.ª edição do Doclisboa vai dedicar uma retrospetiva ao cinema georgiano, destacando a sua produção desde os anos 20 até à atualidade.

O programa conta com cópias restauradas de filmes de autores incontornáveis como Mikhail Kalatozov, Serguei Paradjanov, Otar Iosseliani ou Lana Gogoberidze e outros cineastas contemporâneos que vão estar em foco nesta retrospetiva, que terá lugar na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, a decorrer de 22 de outubro a 1 de novembro.

“Perto de celebrar três décadas de independência, a Geórgia foi sempre, na sua longa existência, marcada pela diversidade humana e cultural. A especificidade georgiana, resultante desta diversidade, culmina num cinema alicerçado numa invejável tradição de relevância social e artística.”

“Esta retrospetiva, com curadoria de Marcelo Félix, mapeia um século de produção cinematográfica da Geórgia, apresentando as expressões artísticas e preocupações temáticas mais diversas, desde explorações surrealistas, representações líricas das montanhas do Cáucaso, a estudos sociais neorrealistas.”

O Doclisboa vai ter este ano um novo formato, com uma programação a dividir-se em seis momentos, entre outubro de 2020 e março de 2021. Esta retrospetiva fará parte de uma programação do primeiro módulo.

Fonte: Doclisboa