Ellen Page lança documentário sobre o ambiente durante a pandemia do coronavírus

Enquanto o Covid-19 ataca, a atriz Ellen Page, do filme “Juno” e da série “The Umbrella Academy”, torna-se agora realizadora e luta contra uma outra pandemia, o racismo ambiental, no seu novo documentário “Há Algo de Estranho nesta Água”.

Este documentário, agora disponível na plataforma digital Netflix, depois da sua estreia no Festival Internacional de Cinema de Toronto, é baseado no livro com o mesmo nome da escritora Ingrid Waldron, que explora em detalhe os problemas ambientais da Nova Escócia, como a poluição industrial em torno das pequenas comunidades desta província.

Alguns dos assuntos deste documentário são os mesmos que estão a vir ao de cima neste momento com o impacto do coronavírus, nas palavras da realizadora, “a conversa é semelhante: é colocar dinheiro e negócios acima da população, não só em termos de uma crise climática, como também do posicionamento de aterros e outros perigos à volta de comunidades de baixo rendimento”.

No documentário, são também representadas algumas mulheres, como Louise Delilse, Dorene Bernard e Michelle Francis-Denny, que não têm acesso a água potável quando esta é necessária. Page diz-nos que são nestes tempos de maior crise que as pessoas mais privilegiadas conseguem perceber as consequências e o impacto que isto tem nestes indivíduos marginalizados.

Nesta sua jornada ambiental, a atriz chama também a atenção de outros para este problema, como Greta Thunberg e Jane Fonda, que também usam as suas plataformas digitais para o bem do planeta e que tanto a inspiraram.