A 14ª edição da KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã, organizada pelo Goethe-Institut Portugal, está de volta às cidades de Lisboa (19-24 janeiro), Porto (26-29 janeiro) e Coimbra (1-3 fevereiro), trazendo na bagagem um vasto programa de produções da Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo e que vai para além das fronteiras destes países.

Para a sessão de abertura, no Cinema São Jorge, em Lisboa, está prevista a estreia nacional de “Grüße aus Fukushima” (“Fukushima, meu amor”), da realizadora Doris Dörrie, filme que “tem lugar no Japão após o desastre nuclear e no qual, a par do alemão e do japonês, se fala um inglês ora fluente ora hesitante, à procura de significados. Tanto a sua universalidade como o seu olhar sensível para as buscas pessoais das suas personagens e dos seus fantasmas, fazem da longa-metragem um exemplo paradigmático desta edição da KINO, reunindo muitas das suas tendências e focos de programação. A realizadora estará presente no Cinema São Jorge, em Lisboa, para a estreia do filme.”.

Para além deste integram ainda mais dez filmes a Mostra Principal da KINO, como por exemplo: “Fado” de Jonas Rothlaender, “O lado obscuro da lua” de Stephan Rick, “Um de Nós” de Stephan Richter, “Selvagem” de Nicolette Krebitz e “Stefan Zweig – Adeus, Europa” (“Vor der Morgenröte”) de Maria Schrader, que será filme de encerramento. Este “não é apenas um biopic sobre uma fase da vida do escritor Stefan Zweig, mas também um retrato sensível das suas lutas internas enquanto pensador, pacifista e indivíduo numa época de profunda divisão na Europa. Apresentada em estreita colaboração com a Alambique Filmes e a Embaixada da Áustria, “Vor der Morgenröte”, sessão de encerramento da KINO 2017 em Lisboa, conta com a presença da atriz e realizadora Maria Schrader.”.

A edição deste ano apresenta ainda duas sessões de curtas-metragens e cinco documentários que recuperam temas que foram centrais na edição passada, como a fuga e o refúgio.

Mostra Principal
Grüße aus Fukushima (Fukushima, meu amor), de Doris Dörrie
Einer von uns (Um de nós), de Stephan Richter
24 Wochen (24 Semanas), de Anne Zohra Berrached
Reuber (Labrão), de Axel Ranisch
Fado, de Jonas Rothlaender
Wild (Selvagem), de Nicolette Krebitz
Vier Könige (Os quatro reis), de Theresa von Eltz
Aloys, de Tobias Nölle
Die dunkle Seite des Mondes (O lado obscuro da lua), de Stephan Rick
Vor der Morgenröte (Stefan Zweig – Adeus, Europa), de Maria Schrader
Babai, de Visar Monar

KINOdoc
Homo Sapiens
Die Prüfung (A prova)
Havarie (Naufrágio)
Friedland
Democracy – Im Rausch der Daten (Democracia – Na onda dos dados)

Mostra para Escolas
Rettet Raffi ! (Salvem o Raffi !)
Flußfahrt mit Huhn (Viagem no rio com galinha)
Reuber (Labrão)
Vier Könige (Os quatro reis)
Vor der Morgenröte (Stefan Zweig – Adeus, Europa)

Curtas
Zur Rettung der Popkultur (Salvando a cultura pop)
KINO em Curtas

Fonte: KINO