Foi em 2007, que Sean Penn ficou famoso como realizador, com o filme “O Lado Selvagem”. Penn já tinha realizado antes quatro filmes, mas foi com “O Lado Selvagem” que ficou reconhecido mundialmente pelo público e pela critica. Apesar deste sucesso, nunca chegou a receber muitos prémios como realizador. Ao contrário de Mel Gibson e Clint Eastwood, que, tal como Sean Penn, são actores que passaram para a realização e têm recebido inúmeros prémios nessa categoria.

“O Lado Selvagem” é um filme sobre aventura e sobrevivência de um jovem chamado Christopher McCandless (com uma fantástica interpretação de Emile Hirsch). É um rapaz muito inteligente, que idolatra os ideais de Thoreau e Jack London. Este, com 22 anos, acaba de sair da universidade com excelentes notas e com um futuro promissor à sua frente. Farto de viver numa sociedade consumista e dos luxos que os pais lhe dão, decide partir numa viagem pela América, em busca de aventura. Christopher muda de nome para “Alexander Supertramp” e faz uma viagem de dois anos que o muda para sempre, tornando-se num símbolo de resistência para muitas pessoas. Este rapaz dividiu opiniões. Para muitos, é um herói, um rebelde, para outros, é apenas um idealista ingénuo que arriscou a sua vida estupidamente. No final do filme cada um interpreta à sua maneira.

“Into the Wild”, em inglês, foi realizado e escrito por Sean Penn, que fez uma adaptação ao sucesso literário de Jon Krakauer do livro “Into the Wild”. Sean Penn tentou ser o mais fiel possível ao livro. A realização de Penn é fantástica, e até inovadora. Este filme é em algumas cenas experimental, na maneira como está filmado e na montagem do filme. Penn, mostra-nos a beleza do Alasca, com magníficos planos de paisagens das montanhas, rios e florestas. Visualmente é um belo filme, com uma bela fotografia (Eric Gautier). E tudo isto nota-se pois Penn filmou praticamente sempre em exteriores, nos verdadeiros locais onde Chirstopher McCandless esteve. Apenas o autocarro 142, que serviu de casa para Christopher, é que foi feito de raiz, uma cópia exacta do original. Penn preferiu não filmar no autocarro original por respeito a Christopher. Daí terem, filmado a uns metros mais afastados do verdadeiro. A banda sonora instrumental é da autoria de Michael Brook e a banda sonora vocalé de Eddie Vedder. A música neste filme é magnífica. Não paramos de ouvir as belas músicas de Eddie Vedder, em que as letras das músicas estão relacionadas com o tema do filme e contam-nos muitas vezes os pensamentos e ideias de Christopher.

O elenco é composto por grandes actores como, Emile Hirsch (no melhor papel da sua vida, como Chistopher), Wlliam Hurt (pai de Christopher), Márcia Harden (mãe de Chistopher), Vince Vaughn (Wayne), Catherine Keener(JanBurres), Hal Holbrook (Ron Franz), Jena Malone (irmã de Chistopher), Kristen Stewart (Tracy Tatro) e Brian Dierker (que não é actor profissional e teve um papel importante no filme). A maneira como Christopher se relaciona com as outra spersonagens é comovedora, pois este cria fortes laços de amizade com todas elas, mudando as suas vidas.

“O Lado Selvagem” mostra o lado selvagem da América. Este é um fascinante filme de aventura e sobrevivência que não vai deixar ninguém indiferente. Sean Penn conseguiu criar uma das melhores obras cinematográficas do século XXI.

Realização: Sean Penn

Argumento: Sean Penn

Elenco: Emile Hirsch,  Wlliam Hurt, Márcia Harden, Vince Vaughn

EUA/2007 – Drama

Sinopse: Baseado na história verdadeira de Christopher McCandless, um americano recentemente saído da Universidade e com um brilhante futuro à sua frente. Aos 22 anos, ele opta por prescindir da sua vida privilegiada e partir em busca de aventura. O que lhe acontece durante este percurso transforma este vagabundo num símbolo de resistência para inúmeras pessoas. Era Christopher McCandless um aventureiro heróico ou um idealista ingénuo, um Thoreau rebelde dos anos 90 ou mais um filho americano perdido, uma pessoa que tudo arriscava ou uma trágica figura que lutava com o precário balanço entre homem e natureza?

«O Lado Selvagem» - O Outro Lado da América
5.0Valor Total
Votação do Leitor 0 Votos