“Lobo e Cão”, uma ode à comunidade queer dos Açores, estreia nos cinemas em dezembro 

Lobo-e-Cao-2022-3

Lobo e Cão“, o mais recente filme da cineasta Cláudia Varejão, rodado com elenco amador em São Miguel, nos Açores, vai estrear nas salas de cinema portuguesas a 8 de dezembro.

Estreado este ano no Festival de Veneza, onde venceu o prémio de Melhor Filme na Giornata degli Autore, “Lobo e Cão” tem integrado a seleção oficial de vários festivais internacionais como em São Paulo, Madrid, Valência e Chile.

Rodado na Ilha de São Miguel, nos Açores, com um elenco de atores não-profissionais, o filme leva-nos a conhecer a realidade insular através de Ana, o seu grupo de amigos e a sua família. “Lobo e Cão” cruza realidade e ficção, numa ode à comunidade queer desta ilha.

O filme, uma produção da Terratreme Filmes, em coprodução com a francesa La Belle Affaire, conta no elenco com Ana Cabral, Ruben Pimenta, Cristiana Branquinho, Marlene Cordeiro, João Tavares, Nuno Ferreira, Mário Jorge Oliveira, Luísa Alves e Maria Furtado.

Esta é a primeira longa-metragem de ficção de Cláudia Varejão, realizadora de obras como “Amor Fati” (2019), “Ama-San” (2016) ou “No Escuro Descalço os meus Sapatos” (2016).

Skip to content