Marie Dubois

Morreu a atriz francesa Marie Dubois, aos 77 anos num lar em Pau, onde habitava desde 2010, presa numa cadeira de rodas. Marie Dubois foi uma das mais importantes atrizes da nouvelle vague (nova vaga francesa), tendo participado em filmes de Luchino ViscontiAlain Resnais, François Truffaut, Jean Luc Godard, Claude Chabrol, Eric Rohmer entre tantos outros.

Ganhou destaque logo num dos seus primeiros filmes, em “Disparem Sobre o Pianista” (1960), de François Truffaut, no papel de empregada de bar. Da sua carreira destacam-se ainda filmes como “Jules e Jim” (1962), “O Signo do Leão” (1962), “A Grande Paródia” (1966), “O Ladrão de Paris” (1967), “O Inocente” (1976), “O Meu Tio da América” (1980). Em 1978 ganhou um César de Melhor Atriz Secundária, pelo participação no filme “Os Violentos” (1977), de Alain Corneau, onde contracenava com o ator e cantor Yves Montand.

A atriz sofria há muito tempo de esclerose múltipla, doença que lhe foi detectada quando tinha 23 anos de idade.