Peter O'Toole_1

Morreu Peter O’Toole, um dos maiores atores da sua geração, aos 81 anos. O ator faleceu este sábado após doença prolongada, segundo informou hoje o seu agente Steve Kenis. O ator irlandês que tinha sobrevivido a um cancro no estômago em 1970, ficou imortalizado pelo papel de T.E. Lawrence, na obra prima de David Lean, “Lawrence da Arábia” (1962). Um filme que arrecadou sete estatuetas douradas, tendo O’Toole sido nomeado para o Óscar de Melhor Ator, mas este não lhe foi entregue. Foi indicado ao Óscar oito vezes, tendo apenas recebido o Óscar Honorário em 2003 (tem o recorde de mais indicações sem nenhuma vitória).

Nascido na Irlanda, a 2 de agosto de 1932, viveu quase toda a sua vida em Londres. Participou em mais de 50 filmes, entre os quais mais se destacam são “A Noite dos Generais” (1967), “O Leão no Inverno” (1968), “Adeus, Mr.Chips” (1969) e “O Último Imperador” (1987). Participou em várias séries televisivas e durante a sua carreira ganhou quatro Globos de Ouro, um BAFTA e um Emmy. Recentemente participou em no filme de animação da Pixar, “Ratatui” (2007) e na série televisiva sobre o Henrique VIII, “Os Tudors”.

Mas é ainda hoje pelo épico de David Lean, com mais de três horas, “Lawrence da Arábia”, que Peter O´Toole é recordado. Pela sua interpretação do oficial do exército britânico que lutou na Arábia e que se tornou numa lenda, ao ter conduzido os Árabes para a batalha na campanha conta os Turcos na 1ª Guerra Mundial. Os seus olhos azuis, com a cara deitada na areia quente da Arábia, é uma imagem que perdura no cinema.

Assim, o cinema perdeu hoje um dos grandes!

Peter O'Toole_2