Terminou ontem a 5ª edição do MOTELx – Festival Internacional de Cinema de Terror, com a entrega do prémio MOTELx – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2011 foi “Conto do Vento”, de Nelson Martins e Cláudio Jordão, uma curta-metragem de animação de terror, que conta uma história de embalar com meninos e meninas, velhos e velhas, fogueiras e monstros, mortes e gritos. Segundo a organização este foi o grande vencedor do MOTELx pela sua “…narrativa imaginativa, o ponto de vista original e sensibilidade artística na ilustração da fábula de uma rapariga e da sua mãe numa sociedade preconceituosa, contada pelo vento…”.

 

“Banana Motherfucker”, de Pedro Florêncio e Fernando Alle, que conta a história de seis aventureiros embarcam numa expedição em busca de um cemitério místico. Após perturbarem os mortos, despoletam uma maldição antiga que irá destruir o mundo inteiro, recebeu uma Menção Especial do júri, pelo “…ritmo da comédia, originalidade e humor slapstick, pegando num fruto do dia-a-dia e transformando-o numa terrível máquina assassina…”.