“Mudar de Vida. José Mário Branco, Vida e Obra” estreia em Viseu a 18 de setembro

"Mudar de Vida. José Mário Branco, Vida e Obra" (2014)_1

O documentário sobre a vida e obra de um dos músicos portugueses mais importantes do século XX, José Mário Branco, estreia em Viseu a 18 de setembro. A sessão, organizada pela Acrítica Cooperativa Cultural, decorrerá no espaço Carmo 81, às 22h, com a entrada a ter um custo de dois postais.

“Mudar de Vida. José Mário Branco, Vida e Obra”, realizado por Nelson Guerreiro e Pedro Fidalgo, trata-se de um retrato sobre a vida e obra do músico José Mario Branco, nascido em 1942, no Porto. O filme teve a sua antestreia nacional a 25 de abril, no IndieLisboa 2014. No Porto, o filme estreou durante o Desobedoc – Mostra de Cinema Insubmisso no Porto. Desde então que tem percorrido festivais e o país fora.

“Desde o Estado Novo a sua voz e obra resistem. Amado por uns, temido por outros, as suas canções escritas há mais de 40 anos mantêem-se  actuais. Ouça-se o protesto levado ao extremo no tema F.M.I., escrito em 79, canção maldita para os portugueses (proibida de ser emitida nas rádios por ordem expressa do autor). Seguindo os passos de  Zeca Afonso, faz do movimento de protesto um dos marcos mais importantes na arte e cultura do século XX, quer pela sua acção quer pelo seu efeito.”

A rodagem começou em abril de 2005 quando o músico-compositor José Mário Branco foi ao Teatro Municipal da Guarda apresentar o seu último disco “Resistir é Vencer”. Filmado entre Portugal e França, o filme acompanha os ensaios, concertos, gravações de discos, conversas, que serviram de ponto de partida para retratar o artista. José Mário Branco conta os problemas do “Ser Português” da emigração, da pobreza, da exclusão, da “crise”, essa mesma “crise” que se ouve falar há muito tempo.

“Músico, compositor, poeta, actor, activista, cronista, produtor musical, José Mário Branco é o homem dos 7 ofícios. Como a “Cantiga é uma Arma”, as suas canções são um instrumento transformador da realidade, voz de resistência e protesto. É preciso MUDAR DE VIDA!”

Consultar evento aqui.