"Cavalo Dinheiro" (2014)_3

Os críticos do Ípsilon (Vasco Câmara, Jorge Mourinha e Luís Miguel Oliveira) revelaram hoje a lista dos melhores filmes de 2014. Segundo as escolhas dos críticos de cinema do Ípsilon “Cavalo Dinheiro”, de Pedro Costa, é o melhor filme do ano. “Admirável filme, todo conjugado, nesses termos, entre a abertura ao mundo (as fotos novaiorquinas de Jacob Riis com que Cavalo Dinheiro começa, “universalizando” a figura e o destino de Ventura) e um progressivo fechamento, concretizando naquele espantoso diálogo-monólogo-delírio final, com Ventura e um homem-estátua, zombie vindo da guerra e de Abril de 74, dentro dum ascensor.”. Em segundo lugar ficou “Boyhood – Momentos de uma Vida”, de Richard Linklater, porque “o seu tema, neste que é o seu melhor filme, é o tempo que passa, porque é a acumulação de “cenas normais” que ele vai criando que faz de nós quem somos.”. “E Agora? Lembra-me” de Joaquim Pinto e Nuno Leonel (em 3º lugar) e “A Vida Invisível” de Vítor Gonçalves (em 8º lugar), são outras duas obras portuguesas que integram esta lista dos dez melhores filmes do ano.

Para recordar o Top 10 de 2013, clique aqui.

 

1. Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa

2. Boyhood – Momentos de uma Vida, de Richard Linklater

2. E Agora? Lembra-me, de Joaquim Pinto e Nuno Leonel

4. Só os Amantes Sobrevivem, de Jim Jarmusch

5. O Acto de Matar, de Joshua Oppenheimer

5. A Imigrante, de James Gray

7. A Imagem que Falta, de Ruthy Panh

8. A Vida Invisível, de Vítor Gonçalves

9. Ciúme, de Philippe Garrel

9. Mamã, de Xavier Dolan