O Porto/Post/Doc acaba de fechar a programação da edição de 2019. O festival decorrerá entre os dias 23 de Novembro e 1 de Dezembro, nas salas do Teatro Rivoli, no Cinema Passos Manuel e no Planetário do Porto – esta edição contará, ainda, com uma extensão em Braga (Gnration e Espaço Vita).  A Competição Internacional conta com 9 filmes de alguns dos realizadores já consagrados no panorama do cinema independente como a dupla Ben Rivers e Anocha Suwichakornpong, que apresentam “Krabi, 2562,” filme rodado na Tailândia em torno do fenómeno da gentrificação no sudoeste do país, ou Kim Longinotto que, com “Shooting the Mafia“, traz as memórias de uma fotojornalista italiana e da luta travada contra a máfia siciliana. Depois de “Lida (2017), a realizadora Anna Eborn regressa ao festival com os amores juvenis de “Transnistria”. Também repetente, Anna Odell questiona os papéis de género na sociedade com o seu mais recente “X&Y, uma experiência social, tal como o era “A Reunião”, apresentado na primeira edição do festival, em 2014. A singular obra do cineasta marroquino Mostafa Derkaoui, “De Quelques évènements sans signification (1974), será também apresentada em competição. Proibido à data pela censura vigente, o filme esteve votado à invisibilidade pública até este ano, quando o material original foi encontrado e digitalizado pela Filmoteca de Catalunya. A selecção integra ainda “Lilian, de Andreas Horvath, “The Science of Fictions”, de Yosep Anggi Noen, “Creature Where Are You Going?”, de Gaia Formenti e Marco Piccarreda, e “Rushing Green With Horses”, de Ute Aurand, cuja obra estará também em foco.

A secção Highlights – que apresenta grandes narrativas realizadas por cineastas de renome e homenageia algumas das figuras maiores da história do cinema e da música contemporânea -,  regressa este ano com as antestreias nacionais de “O Filme do Bruno Aleixo”, de João Moreira e Pedro Santo, e “Cães que Ladram aos Pássaros”, de Leonor Teles – que marcarão a Cerimónia de Entrega de Prémios do festival, no dia 30 de Novembro – e de “Andrey Tarkovsky: A Cinema Prayer”, filme realizado por Andrey A. Tarkovsky, filho de Tarkovsky, em torno da vida e obra do pai e que reúne gravações inéditas, para além dos já anunciados “Marianne & Leonard: Words Of Love” (sessão de abertura) e “Zé Pedro Rock’n’roll”.

A secção (não-competitiva) Cinema Falado (em português), que em todas as edições assume o importante papel da valorização e divulgação do cinema nacional, apresentará: “Sacavém”, de Júlio Alves, “Vitalina Varela”, de Pedro Costa, “Sol Negro”, de Maureen Fazendeiro, “Viveiro”, de Pedro Filipe Marques, “Raposa”, de Leonor Noivo, “Ave Rara”, de Vasco Saltão, “Outside The Oranges Are Blooming”, de Nevena Desivojevic (projecto que venceu o prémio Arché Porto 2017) e “Longa Noite”, de Eloy Enciso. Na mesma secção, destaque para as estreias de “A Table for One”, de Carlos Lobo, “The Unexposed”, de Ana Marta Dias, “No Porto de Leixões – Panorama”, de Renata Sancho, e ainda “Sério Fernandes – O Mestre da Escola do Porto”, de Rui Garrido. Ainda no plano da cinematografia nacional, o Porto/Post/Doc 2019 integrará uma competição de Cinema Novo, com primeiras obras de jovens realizadores, bem como sessões especiais de “A Ilha dos Amores” e “A Ilha de Moraes”, filmes fundamentais do realizador português Paulo Rocha, em versões digitalizadas pela Cinemateca Portuguesa.

Em 2019, tal como edições anteriores, o festival volta a ocupar o Planetário do Porto com várias sessões panorâmicas full-dome, que convidam os espectadores a uma experiência imersiva.

No total são cerca 133 filmes que vão ocupar o Teatro Municipal do Porto – Rivoli, o Cinema Passos Manuel e o Planetário do Porto – Centro Ciência Viva. A programação do Porto/Post/Doc integrará ainda dois focos centrados nas obras de Audrius Stonys e Ute Aurand, um painel de conversas que, ao longo de três dias, explorará o tema Identidades (Fórum do Real), bem como um programa paralelo de filmes homónimo, sessões de cinema para famílias, workshops, concertos e festas. (Programa completo em portopostdoc.com)

Programação:

Competição Internacional
Creature Where Are You Going?, Gaia Formenti, Marco Piccarreda
De Quelques évènements sans signification, Mostafa Derkaoui
Krabi, 2562, Anocha Suwichakornpong, Ben Rivers
Lillian, Andreas Horvath
Rushing Green With Horses, Ute Aurand
Shooting The Mafia, Kim Longinotto
The Science of Fictions, Yosep Anggi Noen
Transnistra, Anna Eborn
X&Y, Anna Odell

Competição Cinema Novo
Nos Jardins do Barrocal, Melanie Pereira
Paisagem Submersa, Miguel Almeida
Ponte, Tatiana Ramos
Self-Combers, Joana Correia Portugal
The Outlander, Ani Antonova
Uma Parte de Mim Vive no Útero (A Outra Fugiu de Casa), Mariana Silveira, Leonard Collette
Verniz, Clara Jost
Gastão, Tânia Teixeira
Molinera, Miguel Costa
Somewhere In Outer Space This Might Be Happening Somehow, Paulo Malafaya
Still Lives, Hanna Hovitie
Terril, Bronte Stahl

Highlights
Andrey Tarkovsky: A Cinema Prayer, Andrey A. Tarkovsky
Cães que Ladram aos Pássaros, Leonor Teles
Haut les filles!, François Armanet
O Filme do Bruno Aleixo, João Moreira, Pedro Santo
Marianne & Leonard: Words of Love, Nick Broomfield
Zé Pedro Rock’n’Roll, Diogo Varela Silva

Transmission
Batida de Lisboa, Rita Maia, Vasco Viana
Berlin Bouncer, David Dietl
Black Bombaim, Miguel Filgueiras
Hansa Studios: By The Wall 1976-90, Mike Christie
New Order: Decades, Mike Christie
O Desvio, Tiago Afonso
Ryuichi Sakamoto: Coda, Stephen Nomura Schible
Suede: The Insatiable Ones, Mike Christie
Um Punk Chamado Ribas, Paulo Miguel Antunes

Concerto Transmission
Sereias, Apresentação de O País A Arder

Selecção Identidades
Coffee Coloured Children, Ngozi Onwurah
Ghost Strata, Ben Rivers
Gulyabani, Gürcan Keltek
Hema Hema: Sing Me a Song While I Wait, Khyentse Norbu
La Salamandre, Alain Tanner
Le F. H. A. R., Carole Roussopoulos
Now, At Last!, Ben Rivers
Off Frame AKA Revolution Until Victory, Mohanad Yaqubi
Persona, Ingmar Bergman
Portrait of Jason, Shirley Clarke
Rua da Vergonha, Kenji Mizoguchi
S.C.U.M. Manifesto 1967, Carole Roussopoulos, Delphine Seyrig
She is The Other Gaze, Christiana Perschon
Sol Negro, Laura Huertas Millán
Y’a qu’à pas baiser, Carole Roussopoulos

Foco Audrius Stonys
Alone, Audrius Stonys
Antigravitation, Audrius Stonys
Earth Of The Blind, Audrius Stonys
Open The Doors To Him Who Comes, Audrius Stonys
The Baltic Way, Audrius Stonys, Arūnas Matelis
Uku Ukai, Audrius Stonys
Woman And The Glacier, Audrius Stonys

Foco Ute Aurand
A Walk, Ute Aurand
At Home, Ute Aurand
Deeply Absorbed In Silent Conversation, Ute Aurand
Hanging Upside Down In The Branches, Ute Aurand
In The Park, Ute Aurand
Oh! The Four Seasons, Ute Aurand, Ulrike Pfeiffer
Zuoz, Ute Aurand
Building Under Ground, Ute Aurand
Four Diamonds, Ute Aurand
Lisa, Ute Aurand
Sakura, Sakura, Ute Aurand

Cinema Falado
A Table For One, Carlos Lobo
Ave Rara, Vasco Saltão
Longa Noite, Eloy Enciso
No Porto de Leixões – Panorama, Renata Sancho
Raposa, Leonor Noivo
Sacavém, Júlio Alves
Sério Fernandes – O Mestre da Escola do Porto, Rui Garrido
Sol Negro, Maureen Fazendeiro
The Unexposed, Ana Marta Dias
Vitalina Varela, Pedro Costa
Viveiro, Pedro Filipe Marques

Fonte: Porto/Post/Doc