Realizador Satoshi Kon morre aos 47 anos

No mundo da animação japonesa, era um dos maiores nomes actualmente em actividade, apenas ultrapassado em termos de prestígio internacional pelo trio de gigantes Hayao Miyazaki (“A Viagem de Chihiro”, “O Castelo Andante”, “Ponyo à Beira Mar”), Mamoru Oshii (“Ghost in the Shell – Cidade Assombrada”) e Katsuhiro Otomo (“Akira”).

 

Foi realizador e argumentista dos filmes de animação “Perfect Blue” (1997), “Millenium Actress – A Chave da Vida” (2001), “Tokyo Godfathers” (2003), e “Paprika” (2006). A maioria de suas obras eram animadas pelo estúdio Madhouse, no qual ele fazia oficialmente parte da equipe como realizador, junto de Rintaro e Yoshiaki Kawajiri. Os seus filmes destacavam-se pela complexidade psicológica e pela distorção do sonho e da realidade.

 

Kon faleceu a 24 de Agosto aos 47 anos, vítima de cancro no pâncreas, sendo um dos cineastas, de animação japonês com menos de 50 anos mais prestigiado fora do Japão.