Gladiador-2000-Ridley-Scott-Russel-Crowe
Russell Crowe with sword in a scene from the film 'Gladiator', 2000. (Photo by Universal/Getty Images)

Ridley Scott vai finalmente avançar com a realização de “Gladiador 2”

Passados 20 anos desde a estreia de “Gladiador” (2000), parece que Ridley Scott vai finalmente avançar com a realização de “Gladiador 2”, uma sequela discutida há muitos anos, mas que só agora começa a ganhar forma.

Desde 2018 que correm rumores de Scott estar a desenvolver a continuação da história de “Gladiador”. O argumento de “Gladiador 2” está a ser escrito por Peter Craig e a ação vai passar-se 30 anos depois da morte de Maximus (personagem interpretada por Russell Crowe), para se focar agora em Lucius, (Spencer Treat Clark), filho de Lucilla (Connie Nielsen) e sobrinho de Commodus (Joaquin Phoenix).

O ator Russel Crowe já demonstrou publicamente estar bastante interessado em voltar a fazer parte deste projecto de Scott, seja de que forma for. Apesar de Maximus ter morrido no primeiro filme, a sua presença será sentida como uma figura inspiradora para Lucius.

As negociações estão a decorrer neste momento entre os produtores Walter F. Parkes, Laurie MacDonald e Ridly Scott. Embora tenha havido conversas sobre “Gladiador 2”, Russell Crowe admite que não participou de nenhuma delas. Faz 20 anos que “Gladiador” chegou aos cinemas e Crowe ainda tem boas recordações sobre este trabalho e o impacto que teve até hoje.

“Posso dizer que essas negociações estão a acontecer desde o último dia de filmagens do primeiro filme e houve muitas ideias diferentes para abordar as coisas… Eu sei que morri no primeiro filme, mas será que podemos ir mais longe e brincar com isso? Podíamos…”, disse Russell Crowe numa entrevista recente do canal de televisão E! Entertainment.

“Gladiador” foi um dos maiores blockbusters de 2000 e ganhou 5 Óscares (Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Som e Melhores Efeitos Especiais).

Ainda não há previsão para o início das filmagens ou data de estreia para o filme, mas espera-se que assim que esta situação da COVID-19 acalmar se possa retomar o trabalho de desenvolvimento do projeto.