San Sebastián 2016: Três coproduções portugueses marcam presença no certame

O Ornitologo 2016 2 1 O Ornitologo 2016 2 2

Aproxima-se a 64ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, a decorrer de 16 a 24 de setembro, onde irão estar presentes três coproduções portuguesas: “O Ornitólogo” de João Pedro Rodrigues, “A cidade onde envelheço” de Marilia Rocha e “Porto” de Gabe Klinger.

Depois de ter vencido o Leopardo de Prata de Melhor Realizador no Festival de Locarno 2016, “O Ornitólogo” irá competir na secção Zabaltegi-Tabakalera, que apresenta os filmes mais variados e surpreendentes do ano. Este que é já considerado o melhor filme de João Pedro Rodrigues, é uma produção entre Portugal, França e Brasil, e que conta a história de Fernando, um ornitólogo solitário, e os obstáculos que enfrenta e o levam a ações extremas que o transformam. O filme tem sido motivo de discussão nas redes sociais e na imprensa nacional nas últimas semanas pelo facto da produtora portuguesa Blackmaria não ter ainda remunerado vários membros da equipa do filme.

“A cidade onde envelheço”, uma coprodução do Brasil e Portugal (produtora Terratreme), compete também na mesma secção. O filme conta a história de Francisca, uma jovem portuguesa a viver no Brasil, e a sua vontade de voltar a Lisboa.

O filme “Porto”, do realizador brasileiro Gabe Klinger, irá ser apresentado na secção Novos Realizadores. Filmado na cidade do Porto este filme tem uma produção executiva de Jim Jarmusch e co-produção do português Rodrigo Areias (a produtora Bando À Parte). Protagonizado pelo recentemente falecido Anton Yelchin, esta é a história de amor entre um americano (Anton Yelchin) e uma francesa (Lucie Lucas) na cidade do Porto.

O festival de cinema da cidade basca irá abrir a sua 64ª edição com “La fille de Brest” da realizadora francesa Emmanuelle Bercot.

https://www.youtube.com/watch?v=vIafOAuyIOs

Skip to content