Terminou ontem a 66ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, tendo a Concha de Ouro para Melhor Filme sido atribuída a “Entre dos Aguas”, do realizador catalão Isaki Lacuesta, uma drama a sobre dois irmãos que se encontram novamente após anos separados; um esteve preso e o outro no exército. Foi a segunda vez que Isaki Lacuesta venceu a Concha de Ouro, depois de “Los pasos dobles” em 2011.

O júri da 66ª edição, presidido por Alexander Payne, atribuiu o Prémio Especial do Júri ao filipino Brillante Mendoza pelo filme “Alpha, The Right to Kill”, enquanto que a Concha de Prata de Melhor Realizador foi para Benjamín Naishtat, por “Rojo”, filme que conquistou também os prémios de Melhor Ator e de Melhor Fotografia. O Prémio do Público (Filme Europeu) foi para o filme belga “Girl”, de Lukas Dhont.

Vencedores
Concha de Ouro para Melhor Filme
Entre dos Aguas, de Isaki Lacuesta (Espanha)
Prémio Especial do Júri
Alpha, The Right to Kill, de Brillante Mendoza (Filipinas)
Concha de Prata – Realizador
Benjamín Naishtat, por Rojo (Argentina/Bélgica/Brasil/Alemanha/França/Suíça)
Concha de Prata – Ator
Dario Grandinetti, em Rojo (Argentina/Bélgica/Brasil/Alemanha/França/Suíça)
Concha de Prata – Atriz
Pia Tjelta, em Blond Spot (Noruega)
Prémio do Júri – Argumento
Paul Laverty, por Yuli (Espanha, Cuba, Reino Unido, Alemanha)
Prémio do Júri – Fotografia
Pedro Sotero, por Rojo (Argentina/Bélgica/Brasil/Alemanha/França/Suíça)

Outros Prémios Oficiais
Prémio Kutxabanl – Novos Realizadores
Jesus, de Hiroshi Okuyama (Japão)
Menção Especial
Journey to a Mother’s Room, de Celia Rico Clavellino (Espanha, França)

Prémio Horizontes
A Family Submerged, de Maria Alché (Argentina, Brasil, Alemanha, Noruega)
Menção Especial
The Snatch Thief, de Agustín Toscano (Argentina, Uruguai, França)

Prémios Paralelos
FIPRESCI
High Life, de Claire Denis (França, Alemanha, Reino Unido, Polónia, EUA)
SIGNIS
Entre Dos Aguas, de Isaki Lacuesta (Espanha)
Prémio do Público
Another Day of Life, de Raúl de la Fuente, Damian Nenow (Espanha, Polónia, Bélgica, Alemanha)
Prémio do Público – Filme Europeu
Girl, de Lukas Dhont (Bélgica, Holanda)
Prémio da Juventude
Journey to a Mother’s Room, de Celia Rico Clavellino (Espanha, França)