Quatro em cada cinco bilhetes de cinema vendidos este fim-de-semana nos EUA foram para Vingadores: Endgame”, de Anthony RussoJoe Russo. O filme bateu vários recordes americanos, planetários e até será a melhor estreia em Portugal. O filme fez mil milhões de euros em receitas de bilheteira no seu fim-de-semana de estreia.

O filme fez 314 milhões de euros em receitas só nos EUA, onde se estreou na sexta-feira, e a venda de bilhetes originou lucros brutos de 770 milhões no resto do mundo. Inclusive, Portugal está na lista dos 44 países em que o estúdio diz que “Vingadores: Endgame” fez os melhores resultados de um filme no seu dia de estreia, escreve a revista Variety. Segundo dados do ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual), o filme, que estreou a 25 de abril nos cinemas nacionais, ocupa já a 38.ª posição dos filmes mais vistos do ano em Portugal, com 29.795 espectadores registados.

O filme tem estado a agradar aos críticos com a sua mistura de acção, efeitos visuais e momentos emotivos, apesar das suas três invulgares horas de duração e está já a ser usado como bandeira pelos defensores da experiência da ida ao cinema. Mostra o poder das salas – a capacidade, mesmo numa cultura hiperfragmentada, de fornecer uma experiência comunitária tão grande”, defendeu no New York Times a presidente da Imax Filmed Entertainment, Megan Colligan. Os espectadores mais jovens vão lembrar-se de onde estavam quando viram Endgame, argumenta John Fithian, presidente da associação de exibidores National Association of Theater Owners.