“Alma Viva” de Cristèle Alves Meira estreia em competição em Cannes e sessões especiais de Jesse Eisenberg e “Tout le monde aime Jeanne”

A longa-metragem “Alma Viva” de Cristèle Alves Meira ( Tchau-tchau, Invisível Herói) está seleccionada para a competição oficial da Semaine de la Critique do Festival de Cannes.

A co-produção luso-francesa da Midas Filmes (Pedro Borges), Entre Cachorro e Lobo (Raquel Morte), FILMES FLUXUS (Gaëlle Mareschi), Sébastien Delloye, tem realização e argumento de Cristèle Alves Meira e conta no elenco com Lua Michel, Ana Padrão, Jacqueline Corado, Catherine Salée, Duarte Pina, Ester Catalão, Sónia Martins, Martha Quina, e Arthur Brigas.

Alma Viva (2022)

A realizadora conhecida pelo seu recente Invisível Herói, que integrou a lista de 24 filmes pré-nomeados de Melhor Curta-Metragem para os European Film Awards 2020 (Prémios do Cinema Europeu). Agora irá estrear “Alma Viva”: Como todo verão, o pequeno Salomé retorna à aldeia da família, aninhada na oca das montanhas portuguesas, durante as férias. Enquanto estes começam em descuido, sua amada avó morre de repente. Enquanto os adultos sofrem com o funeral, Salomé é assombrado pelo espírito da mulher que era considerada uma bruxa.

A Semaine de La Critique, secção do Festival de Cannes 2022 que completa este ano a sua 61ª edição, realiza-se de 18 a 26 de Maio. Nesta competição está também seleccionada, pela primeira vez na categoria da animação, a curta-metragem “Ice Merchants” do realizador português João Gonzalez

Também a estrear em sessão especial nesta Semana, é a primeira longa-metragem de Céline Devaux (Genius Loci (2019), Gros Chagrin (2017)), “Tout le monde aime Jeanne“. A coprodução francesa de Les Films du Worso (Sylvie Pialat, Benoît Quainon), O som e a fúria (Luís Urbano), conta-nos que “todos sempre amaram Jeanne. Hoje, ela odeia-se. Superendividada, ela teve que ir para Lisboa e colocar à venda o apartamento da sua mãe que havia desaparecido um ano antes. No aeroporto, ela depara-se com Jean, um ex-colega de escola caprichoso e um pouco intrusivo”. Do elenco principal fazem parte Blanche Gardin, Laurent Lafitte, Maxence Tual, Nuno Lopes, e Marthe Keller.

TOUT LE MONDE AIME JEANNE_LM_SP ©Les Films du Worso – O som e a furia

A sessão especial desta Semana de Cannes traz-nos, por fim, a estreia na realização e argumento do ator Jesse Einseberg (Resistência). Depois de ter estreado mundialmente no Sundance 2022, chega-nos “When You Finish Saving The World“, “uma comédia rica em emoções, escrita e dirigida por Jesse Eisenberg. É o retrato divertido e particularmente perspicaz de uma mãe e seu filho que, embora tudo pareça se opor a eles, são mais parecidos do que eles querem admitir”.  Conta com Julianne Moore, Finn Wolfhard, Billy Burk, Alisha Boe, Jay O.Sanders, Elenore Hendricks.

Skip to content