Bardo, de Alejandro Inárritu

“Bardo”, de Alejandro Iñárritu já tem trailer e menos 22 minutos de filme

“Bardo”, o novo filme de Alejandro G. Iñárritu já tem o seu primeiro trailer oficial e menos 22 minutos de duração, depois da sua primeira passagem pelos festivais.

“Bardo”, o candidato Netflix aos Óscares e ainda por determinar se será também o representante do México, é o oitavo filme de Iñárritu, e estreou este ano no Festival de Cinema de Veneza e passou por Telluride. Depois disto, o realizador voltou à sala de edição e cortou 22 minutos do filme, que agora conta com duas horas e 32 minutos, sem contar com os créditos.

A mais recente e curta versão já vai estrear no Festival de Cinema de San Sebastián, mas seguirá depois para o restante circuito dos festivais neste molde, nomeadamente no Festival de Cinema de Londres e no AFI Fest, nos Estados Unidos.

Alejandro G. Iñárritu com parte do elenco (Foto: Reuters)
Alejandro G. Iñárritu com parte do elenco (Foto: Reuters)

Iñárritu colaborou com o virtuoso da edição dos trailers Mark Woollen, responsável pelos trailers de “TÁR” e “White Noise”, para construir um ambiente de imersão que reflectisse a complexidade da história, ao som de “I Am the Walrus”, dos Beatles.

“Bardo” conta a história de um aclamado jornalista e realizador de documentários mexicano, interpretado por Daniel Giménez Cacho, que regressa a casa a meio de uma crise existencial que o leva a questionar a sua identidade, a família e o seu passado. No elenco, para além de Daniel Giménez Cacho, contam-se os actores Griselda Siciliani,  Ximena Lamadrid e Iker Solano.

Alejandro G. Iñárritu inicialmente tinha planos para trabalhar numa série de televisão para a Starz, chamada “The One Percent”, projecto que foi adiado depois da produção de “The Revenant: O Renascido”, que o deixou completamente esgotado.

“Bardo” é o primeiro filme do realizador desde “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)” e “The Revenant: O Renascido”, que fizeram de Iñárritu um dos três realizadores da História a ter ganho o Óscar de melhor realizador consecutivamente.

Alejandro G. Iñárritu e Leonardo DiCaprio no set de "The Revenant: O Renascido"
Alejandro G. Iñárritu e Leonardo DiCaprio no set de “The Revenant: O Renascido”

“Bardo” foi filmado inteiramente no México e é, assim, um regresso do realizador ao seu país natal, depois do seu filme de estreia, em 2000, “Amor Cão”. A direcção de fotografia está a cargo de Darius Khondji.

O guião foi escrito pelo realizador em colaboração com Nicolás Giacobone, que já acompanhara o realizador em “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)” e “Biutiful”.

A produção está a cargo de Alejandro G. Iñárritu e Stacy Perskie Kaniss e a produção executiva de Mary Parent e Karla Luna Cantú.

“Bardo” foi uma dos quatro filmes da Netflix a estrear em Veneza, a par de “Blonde”, de Andrew Dominik, “White Noise”, de Noah Baumbach e “Athena”, de Romain Gavras.

A estreia está marcada na plataforma de streaming para 16 de Dezembro, embora esteja igualmente prevista a sua passagem pelos cinemas no México já em Outubro e nos Estados Unidos, Espanha e Argentina em Novembro, passando para outros territórios ainda nesse mesmo mês.

Skip to content