Gru – O Maldisposto lidera bilheteira nacional, em apenas, quatro dias

Não foi uma estreia com grande sucesso, como foi o caso de “Shrek Para Sempre” (1.031.858€ no primeiro fim-de-semana) e “Toy Story 3” (485.907€). De qualquer forma, “Gru – O Maldisposto” conseguiu acumular uma receita bruta apreciável, de 371.671€, ou seja, 59.479 espectadores, entre quinta e domingo.Ao contrário de outras longas-metragens de animação que estrearam este ano, como “A Princesa e o Sapo” (279.406€) e “Como Treinares o Teu Dragão” (269.775€). É preciso lembrar que o filme é a três dimensões, o que faz com que o preço dos bilhetes seja mais caro.

 

Em segundo lugar está “A Cidade”, o novo filme de Ben Affleck, que estreou no dia 14 de Outubro, já acumulou em onze dias 79.720 espectadores, sendo que 28.828 espectadores são de 21 a 24 Outubro.

 

Quanto ao cinema português, “Mistérios de Lisboa”, de Raoul Ruiz, apesar de não estar no top10 , em apenas quatro dias de exibição chegou directamente ao 14º lugar, numa lista de quarenta. O novo filme do realizador chileno, produzido pela Clap Filmes de Paulo Branco, levou às salas nacionais 2.251 espectadores, acumulando uma receita bruta de 9.887€. O que para um filme português, com uma duração de quatro horas e meia, os números foram considerados muito bons pelo produtor. Neste fim-de-semana (23 e 24 Outubro) o filme estreou em França, em várias cidades, e esteve com sessões esgotadas em Paris. Segundo Paulo Branco, três mil pessoas viram o filme nas três salas parisienses nas quais estreou, e outras três mil viram-no no resto do país.

 

Ranking Fim-de-Semana: 21 a 24 Outubro

1º – Gru – O Maldisposto

2º – A Cidade

3º – Comer, Orar e Amar

4º – Agentes de Reserva

5º – O Último Exorcismo

6º – Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme

7º – Lenda dos Guardiões

8º – Ponha Aqui o seu Dentinho

9º – A Nova Filha

10º – A Troca