Depois da mais recente década, em que Clint Eastwood realizou oito filmes («Space Cowboys», 2000; «Blodd Work», 2002; «Mystic River», 2003; «Million Dollar Baby», 2004; «Flags of Our Fathers», 2006; «Letters from Iwo Jima», 2006; «Changeling», 2008; «Gran Torino», 2008, chega agora a vez de «Invictus» uma visão Americana de Nelson Mandela.

Em 2004, Portugal passou por uma onda de patriotismo e união, durante o Euro 2004 de Futebol. Sentimentos de patriotismo, que pareciam há muito esquecidos, apesar de não termos vencido o Euro, este evento ficou marcado na nossa História, como um movimento de patriotismo e orgulho na nossa nação. Catorze anos antes foi a vez da África do Sul, que venceu o Campeonato do Mundo de Rugby, em 1995, tendo posto fim às diferenças raciais e ao ódio, entre brancos e pretos.

«Invictus» conta-nos a história de como Mandela conseguiu unir um país, uma nação, através do Campeonato do Mundo de Rugby, em 1995. O argumento de «Invictus» á baseado em «Playing the Enemy – Nelson Mandela and the Game That Made a Nation», um romance biográfico de John Carlin. A história centra-se, claramente, na onda de patriotismo e de união que a equipa de Rugby, Springboks, conseguiu criar nos sul-africanos, graças a Nelson Mandela, no Campeonato do Mundo de Rugby de 1995. O que faz com que o filme peque muito em não mostrar a realidade socio-económica da África do Sul durante aquele agitado período.

Apesar desta visão americanizada, Eastwood prova mais uma vez ter o dom de saber contar histórias através do olhar, isto ninguém pode nega. Clint Eastwood é o melhor realizador, da actualidade, a contar histórias. A maneira como Eastwood filma é única, podemos ver isso em filmes como, «Mystic River» e «Gran Torino». A fotografia é a marca do realizador, muito semelhante noutros filmes dele. A Banda Sonora, é igualmente boa, com sons de África, que fazem lembrar os filmes «África Minha» e «O Rei Leão». Morgan Freeman mostra mais uma vez ser capaz de interpretar papéis principais, sendo um forte candidato ao Óscar de Melhor Actor, deste ano.

«Invictus» oferece-nos momentos verídicos, bastante inspiradores e emocionantes, através das fantásticas sequências dirigidas por Clint Eastwood. Contudo, esta obra de Eastwood, poderia ter sido mais bem aproveitada, dado o vasto leque de acontecimentos vividos por Mandela.

Realização: Clint Eastwood

Argumento: Clint Eastwood

Elenco: Morgan Freeman, Matt Damon

EUA/2009 – Drama

Sinopse: Recentemente eleito Presidente, Mandela sabia que a nação continuava racista e economicamente dividida, fruto do apartheid. Acreditando que poderia unir o seu povo através da linguagem universal do desporto, Mandela apelou à equipa de rugby, que fez uma improvável caminhada até à Final do Campeonato do Mundo de 1995.

«Invictus» - O Mandela Americano
3.5Valor Total
Votação do Leitor 0 Votos