“Roma”, de Alfonso Cuarón, venceu o Leão de Ouro da 75.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, levando a Netflix (a distribuidora do filme) a fazer história num conceituado festival de cinema.

Produzido pela Participant Media e distribuído pela Netflix, este filme a preto e branco é uma homenagem à família do cineasta por ser baseado nas memórias de Alfonso Cuarón durante os anos 1970, na Cidade do México. Não se sabe ainda em quais e em quantas salas de cinema irá estrear, mas a Netflix já adiantou que o filme chegará a alguns cinemas e à sua plataforma de streaming em dezembro.

O Leão de Prata de Melhor Realizador foi atribuído ao francês Jacques Audiard, por “The Sisters Brothers”, enquanto que os prémios de melhor interpretação foram para Olivia Colman (Melhor Atriz), em “The Favorite”, e para Willem Dafoe (Melhor Ator), em “At Eternity’s Gate”.

“Manta Ray”, do tailandês Phuttiphong Aroonpheng, venceu o prémio de Melhor Filme na Secção Orizzonti.

Competição Principal
Leão de Ouro
Roma, de Alfonso Cuarón
Leão de Prata de Melhor Realizador
Jacques Audiard, por The Sisters Brothers
Melhor Atriz
Olivia Colman, em The Favorite
Melhor Ator
Willem Dafoe, em At Eternity’s Gate
Melhor Argumento
Joel e Ethan Coen, por The Ballad of Buster Scruggs
Prémio Especial do Júri
The Nightingale, de Jennifer Kent
Prémio Marcello Mastroianni para Jovens Intérpretes
Baykali Ganambarr, por The Nightingale

Secção Orizzonti
Melhor Filme

Manta Ray, de Phuttiphong Aroonpheng
Melhor Realizador
Emir Baigazin, por The River
Prémio Especial do Júri
The Announcement, Mahmut Fazil Coskun
Melhor Atriz
Natalia Kudryashova, em A Man Who Surprised Everyone
Melhor Ator
Kais Nashif, em Tel Aviv On Fire
Melhor Argumento
Jinpa, de Pema Tseden
Melhor curta-metragem
Kado, de Aditya Ahmad

Clássicos de Veneza
Melhor documentário sobre cinema
The Great Buster: A Celebration, de Peter Bogdanovich
Melhor filme restaurado
The Night of the Shooting Stars, de Paolo e Vittorio Taviani

Realidade Virtual
Melhor Realidade Virtual
Spheres, de Eliza McNitt
Melhor Experiência em Realidade Virtual
Buddy VR, de Chuck Chae
Melhor História de Realidade Virtual
Isle of the Dead, de Benjamin Nuel