Cannes 2012: Vencedores

A 65ª edição do Festival de Cannes terminou este domingo com a atribuição dos prémios mais importantes do cinema. Michael Haneke volta a ganhar a Palma de Ouro, desta vez com “Amour”, três anos depois de ter ganho com “O Laço Branco” (2009). Desde a sua estreia, “Amour”, foi consensual para toda a crítica e público de que deveria ganhar a Palma de Ouro, tendo sido apelidado de “Devastador e comovente”, com um forte elenco. O realizador declarou: “Estou muito feliz por estar com os meus actores neste palco, fico menos tímido. Agradeço a tudo o Júri e a Thierry Frémaux, que me deu a oportunidade de apresentar este filme aqui. Obrigado a todos os que me ajudaram a fazer este filme. Obrigado à minha mulher que me apoia há vários anos. Este filme é um pouco a ilustração da promessa que fizemos um ao outro. Um grande obrigado aos meus dois actores. Eles são a essência deste filme”. Heneke junta-se assim a Bille August, Emir Kusturica e aos irmãos Dardenne, que também venceram duas Palmas de Ouro cada. O italiano Matteo Garrone venceu exactamente o mesmo prémio que em 2008 com o filme “Gomorra“, o Grande Prémio, desta vez com o filme “Reality”. Carlos Reygadas venceu o de Melhor Realizador e Ken Loach o Prémio do Júri.

 

Palma de Ouro
Amour de Michael Haneke (Áustria, França)

 

Grande Prémio
Reality de Matteo Garrone (Itália)

 

Melhor Realizador
Carlos Reygadas por Post Tenebras Lux (México)

 

Melhor Atriz
Cosmina Stratan e Cristina Flutur em Beyond the Hills (Roménia)

 

Melhor Ator
Mads Mikkelsen em The Hunt (Dinamarca)

 

Melhor Argumento
Beyond the Hills de Cristian Mungiu (Roménia)

 

Prémio do Júri
The Angels’ Share de Ken Loach (RU)

 

Palma de Ouro (Curta-Metragem)

Sessiz-be deng de L. Rezan Yesilbas (Turquia)

 

Câmara D’Ouro

Beasts of the Southern Wild de Benh Zeitlin (EUA)