Cannes 2023: De surpresa, Harrison Ford é agraciado com a Palma de Ouro Honorária

60601537a44e7e456df23a1f557b83687214b004 1 60601537a44e7e456df23a1f557b83687214b004 2

Harrison Ford, o renomado e icónico astro de Hollywood, foi agraciado com uma prestigiosa Palma de Ouro honorária durante o Festival de Cannes, em uma cerimónia realizada na última quinta-feira (18). As informações são da Agence France-Presse.

A ocasião especial marcou a estreia do aguardado filme “Indiana Jones e o Marcador do Destino”, que trouxe entusiasmo e emoção ao tapete vermelho, tornando-se um dos momentos mais memoráveis desta edição do festival.

 

Após quinze anos desde o lançamento do quarto episódio da famosa saga, Harrison Ford, aos 80 anos de idade, retornou à Croisette sob a batuta de James Mangold. Tanto o ator quanto a Disney, que adquiriu os direitos da franquia, afirmaram que este será o último filme em que o personagem será interpretado por Ford.

Em uma bela homenagem, o Festival de Cannes decidiu reconhecer a notável carreira de Ford e surpreendê-lo com a entrega de uma Palma de Ouro honorária antes da exibição do filme. No ano anterior, Tom Cruise também recebeu essa distinção durante a estreia de “Top Gun: Maverick”, consolidando ainda mais a importância desse reconhecimento no cenário cinematográfico.

 

Embora tenha sido nomeado aos Óscares apenas uma vez por sua performance em “A Testemunha”, realizado por Peter Weir, Harrison Ford ficou conhecido mundialmente por dar vida a diversos personagens memoráveis.

 

Emocionado profundamente com o prémio recebido, o ator atravessou o tapete vermelho do festival ao lado de sua esposa, Calista Flockhart, causando comoção entre os presentes, especialmente quando a icónica banda sonora da saga, composta por John Williams, ecoou pelo local.

 

“Estou muito emocionado com isso, muito. Dizem que quando você está prestes a morrer, você vê sua vida passar diante de seus olhos, e eu acabei de ver minha vida passar diante dos meus olhos”, brincou o ator. 

 

Além de Ford, outros membros do elenco marcaram presença na estreia do filme, como Phoebe Waller-Bridge e Mads Mikkelsen, contribuindo para a grandiosidade do evento.

Vale ressaltar que os primeiros quatro episódios da saga “Indiana Jones” foram conduzidos pelo renomado Steven Spielberg, que também esteve presente em Cannes em 2008 para a exibição de “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”.

 

A continuação da franquia se passa no final dos anos 1960 e conta com um “flashback”, o qual exigiu o uso de tecnologia de inteligência artificial para rejuvenescer o rosto de Ford em várias cenas, representando mais um exemplo das inovações recentes no setor audiovisual.

Skip to content