Johnny Depp será rei Luís XV em novo filme de Maïwenn

Apesar de toda a controvérsia que continua a rondar Johnny Depp, e deste ainda poder ser persona non grata em Hollywood – exemplo disso foi a substituição de Depp por Mads Mikkelsen, na terceira parte da quintologia “Fantastic Beasts”, da Warner Bros – isso não impediu a aclamada realizadora francesa Maïwenn (“Polisse”, “Mon Roi”) de o escolher como protagonista no seu novo filme, ainda sem título.

Mads Mikkelsen em “Monstros Fantasticos Os Segredos de Dumbledore”

A revista francesa Closer, que deu a notícia, informa que as filmagens ocorrerão a partir de 8 de julho em Paris, incluindo algumas cenas filmadas no famoso palácio de Versalhes. A volta de Johnny Depp acontece após a acusação de violência doméstica feita por sua ex-mulher, Amber Heard, em 2020 – Depp está longe das telas de cinema desde 2020, quando protagonizou o filme Minamata.

Luís XV, também conhecido como Luís, o Amado, governou como rei da França por 59 anos, de 1715, quando sucedeu ao seu bisavô Luís XIV aos cinco anos de idade, até sua morte em 1774. Apesar do seu apelido, o reinado de Luís XV terminou em desgraça, com o rei acusado de devassidão e corrupção, legado que passou para seu neto e sucessor Luís XVI, decapitado após a Revolução Francesa.

Para Depp, este filme será o seu primeiro drama de época. O novo projeto também poderá marcar a estreia em francês do ator. Ele que morou na França por muitos anos e fala francês, embora com um forte sotaque americano. A Why Not Productions (“A Prophet”), com sede em Paris, está a produzir.

A cinebiografia marcaria uma de suas primeiras partes significativas desde o caso de difamação prejudicial no tribunal superior do Reino Unido, que viu o ator ser rotulado de “espancador de esposa” depois que o tribunal rejeitou o argumento de sua equipe jurídica de que o tablóide The Sun o havia caluniado usando o termo para descrever seu relacionamento com a ex-esposa Amber Heard.

Recordamos que a batalha legal pública, que deve continuar nos EUA, tornou Depp persona non grata em certos círculos da indústria, incluindo a Warner Bros removendo-o de sua franquia “Fantastic Beasts” (Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore), o filme que terá a brasileira Maria Fernanda Cândido no elenco.

Aqui na Europa, no entanto, o ator continua sendo uma figura popular. No ano passado, ele foi homenageado por grandes festivais, incluindo San Sebastian e Karlovy Vary, e o filme com Maïwenn pode ser o início de uma campanha de retorno para o ator daquele lado do lago.

Além da direção da trama, no entanto, Maïwenn, que esteve nos bastidores de ‘Mon Roi’, ainda irá aparecer nas telonas, dando vida à Condessa Marie-Jeanne Bécu, segundo informações da Variety. Mais conhecida como Madame du Barry, a jovem foi a última amante do rei — sendo reconhecida como companheira oficial do monarca em 1769.

Skip to content