SAG Awards 2022: Marlee Matlin, Ariana DeBose e Troy Kotsur fazem história

Na noite deste domingo, 27, aconteceu a 28ª edição do SAG Awards 2022 – SAG-AFTRA, uma das mais importantes premiações da indústria cinematográfica de Hollywood, promovida desde 1995 por dois sindicatos: o Screen Actors Guild (SAG) e a Federação Americana de Artistas de Televisão e Rádio (AFTRA).

Pelo fato/facto de a premiação reunir os melhores filmes do ano anterior, é vista como um dos melhores termômetro para o Óscar. A transmissão foi ao ar na TNT e TBS do Barker Hangar em Santa Monica. Este ano, a premiação estará disponível na segunda-feira no HBO Max pela primeira vez.

Na noite histórica, Round 6 marcou como a primeira série de língua não-inglesa indicada a levar tanto o prémio de Melhor Elenco de Dublês como Melhor Ator e Melhor Atriz em Série Dramática, com a vitória de Lee Jung-Jae e Jung Ho-Yeon. A principal categoria televisiva dramática, no entanto, ficou com Succession, vencedora de Melhor Elenco. Na categoria televisiva de comédia, Ted Lasso ficou com o prémio principal.

Na seção reservada ao cinema, CODA, realizado por Sian Heder, levou para casa o prémio de melhor elenco em filme, tornando-se o primeiro filme com um elenco predominantemente surdo a receber o prémio. Lembramos que  o drama sobre uma das principais dinastias do setor da moda “Casa Gucci” e o western da Netflix “O Poder do Cão” lideravam as indicações.

“CODA”, que já tinha vencido o Sundance de 2021 (ao conquistar o Grande Prémio do Júri da Competição Drama dos EUA, o Prémio do Público e o Prémio de Melhor Realização), encontra-se entre os nomeados para Melhor Filme dos Critics Choice Awards, e concorre a Melhor Argumento Adaptado, Melhor Actriz Principal (Emilia Jones) e Troy Kotsur repete a nomeação a Melhor Actor Secundário nos BAFTA deste ano.

“CODA” (a sigla significa Children of Deaf Adults) é um drama sobre Ruby, uma jovem, filha de pais surdos que vivem numa comunidade pesqueira de Massachusetts, dividida entre ser a intérprete dos pais com o mundo exterior e perseguir o sonho de uma carreira como cantora. Protagonizado por Emilia Jones, o filme foi adquirido para ser integrado no catálogo da Apple TV+, e trata-se de um remake do filme francês “A Família Bélier” (2014), vencedor do Prémio César, na categoria de Melhor Atriz.

Elenco de Coda

O elenco – incluindo a ‘chocada’ Marlee Matlin – expressou sua surpresa com a vitória. Matlin aceitou o prémio, encerrando seu discurso – interpretado por intérprete de linguagem de sinais – usando o sinal de “eu te amo” para o público e os eleitores do SAG-AFTRA.

Para quem está por fora, o corpo de jurados do SAG-AFTRA é composto por atores membros da fundação SAG-AFTRA, muitos deles integrantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), que escolhem os vencedores da disputadíssima estatueta do Óscar. Ou seja, os ganhadores do Óscar em categorias de atuação são escolhidos por atores que também votam no SAG Awards.

Nesse sentido, na maioria das vezes os vencedores coincidem nas duas premiações. Por isso, ressaltamos que, os resultados do SAG Awards devem ser observados com atenção, já que os atores formam o maior grupo de votantes da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), organização que apresenta e distribui o prémio Óscar, que tem cerimónia marcada para 27 de março.

Observe o seguinte: na edição deste ano, os nomeados a melhor ator para o SAG Awards foram: Javier Bardem (“Apresentando os Ricardos”), Benedict Cumberbatch (“O Poder do Cão”), Andrew Garfield (“Tick, Tick… Boom!”), Will Smith (“King Richard”) e Denzel Washington (“A Tragédia de Macbeth”), pontualmente os mesmos que foram nomeados ao Óscar 2022.

Will Smith com o SAG de Melhor Ator

O vencedor da noite foi Will Smith. Smith ficou emocionado ao ser anunciado como melhor ator em um papel principal. “Esse pode ter sido um dos meus melhores momentos da minha carreira agora, porque meu nome foi chamado de King Richard enquanto estava sentado ao lado de Venus Williams”, cujo pai Smith interpretou no filme.

Entre as atrizes que concorreram no SAG: Jessica Chastain (“Os Olhos de Tammy Faye”), Olivia Colman (“A Filha Perdida”), Nicole Kidman (“Apresentando os Ricardos”), Lady Gaga (“Casa Gucci”) e Jennifer Hudson (“Respect”). No Óscar, em vez de Lady Gaga e Jennifer Hudson, temos Kristen Stewart (“Spencer”) e Penélope Cruz (“Mães Paralelas”).

A vencedora da noite foi Jessica Chastain que levou o prémio por seu papel em The Eyes of Tammy Faye e expressou sua própria surpresa no pódio, observando que ela trabalhou no projeto por 10 anos e esperava ter feito um projeto que Tammy Faye Bakker, quem Chastain interpretou, ficaria orgulhosa, chamando-a de pioneira.

Jessica Chastain com o SAG de Melhor Atriz

Diferente das categorias de Melhor Ator e Melhor Atriz, as de coadjuvantes foram dissonantes ao Óscar. Nesta edição, Ariana DeBose ganhou o prémio de melhor atriz secundária por West Side Story, chamando o filme de uma ótima experiência cinematográfica e agradecendo ao diretor Steven Spielberg em seu discurso.

Ela disputava o prémio com Caitriona Balfe (“Belfast”), Cate Blanchett (“Nightmare Alley”), Kirsten Dunst (“O Poder do Cão”) e Ruth Negga (“Passing”). No Óscar, DeBose enfrentará Jessie Buckley (“A filha perdida”), Judi Dench (“Belfast”), Kirsten Dunst (“O Poder do Cão”) e Aunjanue Ellis (“King Richard”) – Ariana DeBose também fez história, tornando-se a primeira mulher LGBTQIAPN+ não branca a ser premiada pelo sindicato.

“Acho que é apenas indicativo de que as portas estão se abrindo”, ela disse à imprensa. “É uma honra ser vista, é uma honra ser uma afro-latina – uma mulher de cor abertamente queer, dançarina, cantora e atriz. É também indicativo para mim que não serei a última, e essa é a parte importante. Estou focada no fato de que, se eu for a primeira de qualquer coisa, isso significa que não serei a última.”

Ariana DeBose com o SAG de Melhor Atriz Secundária

Depois de se tornar o primeiro ator surdo a receber uma indicação individual no início deste ano, Troy Kotsur se tornou o primeiro ator surdo a ganhar um prémio SAG, levando para casa o troféu de melhor ator secundário por Coda. Usando um intérprete de linguagem de sinais, ele declarou seu amor à esposa, sentada na plateia, e brincou dizendo que sua filha não pode usar a estatueta para segurar suas joias.

Nesta edição do SAG, Kotsur concorria com Kodi Smit-McPhee (“O Poder do Cão”), Ben Affleck (“The Tender Bar”), Bradley Cooper (“Licorice Pizza”) e Jared Leto (Casa Gucci) – Kotsur e Smit-McPhee eram os favoritos da categoria. A vitória de Kotsur agora o torna o favorito não oficial para um Óscar no próximo mês. No Óscar, Kotsur concorre ao lado de Ciarán Hinds (“Belfast”, de Kenneth Branagh), J.K. Simmons (“Apresentando os Ricardos”, de Aaron Sorkin) e a dupla Jesse Plemons e Kodi Smit-McPhee (de “O Poder do Cão”, de Jane Campion).

Troy Kotsur com o SAG de Melhor Ator Secundário

Confira os vencedores:

Melhor Performance de Elenco em um Filme
CODA — Eugenio Derbez, Daniel Durant, Emilia Jones, Troy Kotsur, Marlee Matlin, Ferdia Walsh-Peelo (VENCEDOR)
Belfast
 — Caitriona Balfe, Judi Dench, Jamie Dornan, Jude Hill, Ciarán Hinds, Colin Morgan
Don’t Look Up — Cate Blanchett, Timothée Chalamet, Leonardo DiCaprio, Ariana Grande, Jonah Hill, Jennifer Lawrence, Melanie Lynskey, Scott Mescudi, Rob Morgan, Himesh Patel, Ron Perlman, Tyler Perry, Mark Rylance, Meryl Streep
House of Gucci — Adam Driver, Lady Gaga, Salma Hayek, Jack Huston, Jeremy Irons, Jared Leto, Al Pacino
King Richard — Jon Bernthal, Aunjanue Ellis, Tony Goldwyn, Saniyya Sidney, Demi Singleton, Will Smith

Melhor Atriz em um papel principal
Jessica Chastain (The Eyes of Tammy Faye) (VENCEDOR)
Olivia Colman (The Lost Daughter)
Lady Gaga (House of Gucci)
Jennifer Hudson (Respect)
Nicole Kidman (Being the Ricardos)

 

Melhor Ator em um papel principal
Will Smith (King Richard)  (VENCEDOR)
Javier Bardem (Being the Ricardos)
Benedict Cumberbatch (The Power of the Dog)
Andrew Garfield (Tick, Tick… ​​Boom!)
Denzel Washington (The Tragedy  de Macbeth)

Melhor Atriz Secundária
Ariana DeBose (West Side Story) (VENCEDOR)
Caitriona Balfe (Belfast)
Cate Blanchett (Nightmare Alley)
Kirsten Dunst (The Power of the Dog)
Ruth Negga (Passing)

 

Melhor Ator Secundário
Troy Kotsur (CODA) (VENCEDOR)
Ben Affleck (The Tender Bar)
Bradley Cooper (Licorice Pizza)
Jared Leto (House of Gucci)
Kodi Smit-McPhee (The Power of the Dog)

 

Skip to content