A organização da 68ª edição do Festival de Cinema de Veneza anunciou ontem os filmes que vão competir pelo Leão de Ouro. Realizadores como Polanski, Clooney, Cronenberg, Satrapi e McQueen são alguns dos nomes mais importantes desta lista composta por 21 filmes de todo o mundo.

 

O filme de abertura do festival será o terceiro filme realizado e interpretado por George Glooney“The Ides of March”, um drama sobre um político que enfrenta uma campanha negativa. Vão ainda competir pelo Leão de Ouro os filmes, “A Dangerous Method” de David Cronenberg“Last Days on Earth” de Abel Ferrara, “Shame” de Steve Mcqueen“Carnage” de Roman Polanski“Poulet aux Prunes” de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud.

 

Fora de Competição vão estar alguns nomes como: Marco Bellocchio (“Vincere”, 2009) com o seu novo filme “Nel Nome del Padre” e irá receber o Leão de Ouro de Carreira; Madonna estreia a sua segunda longa-metragem, “W.E”, que conta a história amorosa entre o rei Edward VIII e Wallis Simpson; “Contagion” de Steven Soderbergh; “Wilde Salome” de Al Pacino.

 

O ator Al Pacino irá ser homenageado pelo seu trabalho de realizador, recebendo o prémio “Glory to the film-maker”, que é entregue a realizadores que tenham deixado uma “marca original” no cinema contemporâneo. Pacino irá estrear no certame, a 4 de Setembro, “Wilde Salome”, o seu terceiro filme, um documentário sobre a peça “Salomé” de Oscar Wilde.

 

Na secção Orizzonti vão estar dois filmes portugueses em competição, um deles é o “Cisne” de Teresa Villaverde (ver notícia aqui).

 

A 68ª edição escolheu o realizador Darren Aronofsky para presidir ao júri da 68ª edição e para a secção Orizzonti será realizador tailandês Apichatpong Weerasethakul. Esta edição será, tal como foi a de Cannes 2011, uma edição com grandes nomes do cinema a competirem com filmes muito aguardados pela crítica e pelo público.

 

O Festival de Cinema de Veneza decorrerá entre 31 de Agosto e 10 de Setembro.

 

Filmes em Competição para o Leão de Ouro:

“The Ides of March” de George Glooney – EUA (filme de abertura)

“Tinker, Taylor, Soldier, Spy” de Tomas Alfredson – Alemanha, Grã Bretanha

“Wuthering Heights” de Andrea Arnold – Grã Bretanha

“Texas Killing Fields” de Ami Canaan Mann – EUA

“Quando La Notte” de Cristina Comencini – Itália

“Terraferma” Emanuele Crealese – Itália, França

“A Dangerous Method” de David Cronenberg – Alemanha, Canadá

“Last Days on Earth” de Abel Ferrara – EUA

“Killer Joe” de William Friedkin – EUA

“Un Été Brulant” de Philippe Garrel – França, Itália, Suiça

“Taojie” (A Simple Life) de Ann Hui – China, Hong Kong

“Hahithalfut” (The Exchange) de Eran Kolirin – Israel, Alemanha

“Alps” de Yorgos Lanthimos – Grécia

“Shame” de Steve Mcqueen – Grã Bretanha

“L’Ultimo Terrestre” de Gian Alfonso Pacinotti – Itália

“Carnage” de Roman Polanski – França, Alemanha, Espanha, Polónia

“Poulet aux Prunes” de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud – Alemanha, Bélgica, França

“Faust” de Aleksander Sokurov – Rússia

“Dark Horse” de Todd Solondz – EUA

“Himizu” de Sion Sono – Japão

“Seediq Bale” de Te-Sheng Wei – China, Taiwan

 

Fora de Competição

“Vivan las Antipodas!” de Victor Kossakovsky – Alemanha, Argentina, Holanda, Chile, Rússia (filme de abertura)

“La Folie Almayer” de Chantal Akerman – Bélgica, França

“The Sorcerer And The White Snake (Baish Echuanshuo)” de Tony Ching ‘Siu-Tung’ – China, Hong Kong

“Giochi D’estate” de Rolando Colla – Suiça, Itália

“La Desintegration” de Philippe Fauchon – Bélgica

“The Moth Diaries” de Mary Harron – Canadá, Irlanda

“Alois Nebel” de Tomas Lunak – República Checa, Alemanha

“W.E.” de Madonna – Reino Unido

“Eva” de Kike Maillo – Reino Unido

“Scossa” de Francesco Maselli, Carlo Lizzani, Ugo Gregoretti, Nino Russo – Itália

“La Cle Des Champs” de Claude Nuridsany e Marie Perennou – França

“Il Villaggio Di Cartone” de Ermanno Olmi – Itália

“Nel Nome del Padre” de Marco Bellocchio – Itália

“Wilde Salome” de Al Pacino EUA

“Tormented” de Takashi Shimizu – Japão

“Contagion” de Steven Soderbergh – EUA

“La Meditazione Di Hayez” de Mario Martone – Itália

“Tahrir 2011” de Tamer Ezzat, Ahmad Abdalla, Ayten Amin, Amr Salama – Egipto

“The End” de Collectif Abounaddara – Síria

“Vanguard” de Colleftif Abounaddara – Síria

“Evolution (Megaplex)” de Marco Brambilla – EUA

“Damsels In Distress” de Whit Stillman – EUA (filme de encerramento)