Listen-Ana-Rocha-Sousa-Veneza

Veneza 2020: Três produções portuguesas selecionadas

O Festival de Cinema de Veneza, que decorre de 2 a 12 de setembro, revelou hoje a sua seleção oficial e Portugal marca presença com três produções na secção Horizontes, que se debruça sobre trabalhos que representam as últimas tendências estéticas e expressivas do cinema internacional.

“Listen”, uma coprodução entre Portugal (Bando À Parte) e Reino Unido (Pinball London), é a primeira longa-metragem da atriz e realizadora Ana Rocha de Sousa e é protagonizada por Lúcia Moniz, Ruben Garcia e Sophia Myles.

Produzido por Rodrigo Areias, Paula Vaccaro e Aaron Brookner, “Listen” é um drama sobre um casal português (Bela e Jota) emigrado nos arredores de Londres a quem os serviços sociais retiram os filhos. O filme retrata a incansável batalha destes pais imigrantes contra a lei para manter a família unida.

The-Shift-Laura-Carreira-Veneza

“The Shift”, a segunda curta-metragem da jovem realizadora Laura Carreira,  depois de “Red Hill” (2018), com distribuição assegurada pela Portugal Film – Agência Internacional de Cinema Português, está selecionado na competição de curtas-metragens do Festival de Veneza.

Na sua nota de intenções, a realizadora diz que “a ideia de que vivemos como indivíduos livres nunca me pareceu verdadeira. A nossa dependência crónica do trabalho e a insegurança sentida por tantos é uma realidade que o cinema deve representar e quero que os meus filmes contribuam para isso. ‘The Shift’ é o retrato dessa dependência a partir da perspetiva de uma jovem mulher que vê a sua vida descarrilar num instante sem que possa fazer nada para o evitar”.

A coprodução internacional (entre França, Alemanha e Portugal) “Gaza Mon Amour”, dos realizadores palestinos Tarzan Nasser e Arab Nasser, um drama sobre Issa, um pescador de 60 anos, que está secretamente apaixonada por Siham, uma mulher que trabalha como costureira no mercado.