sala-de-cinema-icaro-viseu

94 dias depois, as salas de cinema reabrem

94 dias depois de portas fechadas, as salas de cinema reabrem hoje, 19 de abril de 2021, para um regresso há muito esperado por distribuidoras, exibidoras, produtoras e público.

No dia 15 de janeiro de 2021, o país voltou a confinar e as salas de cinema a encerrar portas, depois de em 2020 terem estado fechadas mais de três meses e de ter sido o pior ano para as salas de cinema portuguesas nos últimos 10 anos e certamente um dos piores que há memória.

Depois do Governo ter apresentado no passado dia 11 de março o novo Plano de desconfinamento, que incluía que o sector da Cultura reabrisse as portas dos Teatros e das salas de espectáculos e cinemas no dia 19 de abril, várias salas de cinema foram anunciando a sua reabertura.

O primeiro cinema a confirmar a reabertura de portas foi o Cinema Medeia Nimas (Lisboa), seguindo-se pouco depois o Cinema Ideal (Lisboa), a Cinemateca Portuguesa (Lisboa), o Cinema Trindade (Porto), o Cinema da Villa (Cascais), o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em Coimbra, a UCI Cinemas, a Castello Lopes Cinemas, a Cinema City Cinemas e a NOS Cinemas. A Cineplace Cinemas é a única rede de exibição que ainda não confirmou o regresso às salas.

Prazer-Camaradas-2019-3
“Prazer, Camaradas!”, de José Filipe Costa

A maioria dos cineclubes de todo o país já confirmaram também o regresso à sala e já apresentaram o seu programa para o mês de abril. O filme “Prazer, Camaradas!”, de José Filipe Costa, um filme sobre como estrangeiros e portugueses viveram a sua revolução sexual no Portugal de 1975, é uma das antestreias mais aguardadas do ano que vai ser apresentada em quatro cidades: 21 de abril, às 19h00, no Cineclube de Santarém, no Teatro Sá da Bandeira (com a presença do realizador), 22 de abril, às 20h30, no Cineclube de Viseu, no Auditório do IPDJ, 23 de abril, às 19h30, no Cineclube de Faro, no Club Farense (com a presença do realizador), e 24 de abril, às 10h30, no Cineclube de Évora, no Auditório Soror Mariana (com a presença do realizador). O filme estreia comercialmente nas salas de cinema a 20 de maio.

O Cinema Medeia Nimas foi o primeiro cinema a confirmar a reabertura de portas e promete “uma programação repleta de grandes filmes”. Entre muitas estreias estão para já confirmadas o ciclo “Joseph Losey, Cineasta Essencial”, com a exibição dos filmes mais importantes do realizador, em novas cópias digitais restauradas; “Undine”, de Christian Petzold; “Charlatão”, de Agnieszka Holland; “O Começo”, de Déa Kulumbegashvili; e “Nomadland – Sobreviver na América”, de Chloé Zhao, um dos mais badalados filmes do ano que reúne seis nomeações aos Óscares.

No Porto, o Cinema Trindade anunciou que vai reabrir com 10 antestreias, das quais se destacam por exemplo: “Undine”, “Nomadland – Sobreviver na América” e ainda dois filmes do ciclo Wong Kar-wai (“Felizes Juntos” e “2046”), que tinha sido interrompido em janeiro devido ao encerramento das salas de cinema.

Castello Lopes Cinemas vai reabrir em força com quatro estreias: “Music”, de Sia, “Mortal Kombat”, de Simon McQuoid, “Nomadland: Sobreviver na América”, de Chloé Zhao, e “Raya e o Último Dragão”, de Don Hall e Carlos López Estrada.

Nomadland-Chloe-Zhao-2020-3
“Nomadland – Sobreviver na América”, de Chloé Zhao

Em 2020, as salas portuguesas de cinema receberam 3.773.648 milhões de espectadores (perfazendo uma média de 0,37 espectadores por habitante). Trata-se de uma descida de 75,7%, ou seja, cerca de menos 11,7 milhões de espectadores do que em relação a 2019.

O regresso à sala escura em colectivo, mas cumprindo todas as medidas de segurança da DGS, pode hoje ser, finalmente, experienciado. Aqui ficam 10 filmes que o Cinema Sétima Arte sugere a não perder nas primeiras semanas do regresso ao cinema.

 

Skip to content