"Boyhood" (2014)_globos de ouro2

A cerimónia da entrega dos prémios da 72ª edição dos Globos de Ouro americanos, atribuídos pela Associação de Imprensa Estrangeira, decorreu ontem à noite em Los Angeles com a atribuição do Globo de Ouro de Melhor Filme (Drama) a “Boyhood” e o Globo de Ouro de Melhor Filme (Comédia ou Musical) a “The Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson. “Boyhood” foi o grande vencedor da noite ao ter recebido ainda os prémios de Melhor Realizador (Richard Linklater) e de Melhor Atriz Secundária (Patricia Arquette)“Birdman”, apontado como o favorito, levou apenas dois Globos de Ouro, o de Melhor Argumento e o de Melhor Ator (Comédia ou Musical) (Michael Keaton). As principais surpresas da noite foram a atribuição do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro a “Leviafan”, do russo Andrey Zvyagintsev, em vez do favorito “Ida” da Polónia e o Globo de Ouro de Melhor Ator (Drama) atribuído ao ator Eddie Redmayne, pela sua interpretação em “A Teoria de Tudo”. “Como Treinares o Teu Dragão 2” levou o Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação e o Prémio Cecil B. DeMille foi entregue, numa curta homenagem, a George Clooney pela sua carreira. O ator e realizador fez questão de no seu discurso relembrar Robin Williams e Lauren Bacall, duas grandes estrelas que partiram em 2014.

 

Melhor Filme (Drama)

Boyhood

Melhor Filme (Comédia ou Musical)

The Grand Budapest Hotel

Melhor Realizador

Richard Linklater, por Boyhood

Melhor Atriz (Comédia ou Musical)

Amy Adams, em Big Eyes

Melhor Ator (Comédia ou Musical)

Michael Keaton, em Birdman

Melhor Atriz (Drama)

Julianne Moore, em Still Alice

Melhor Ator (Drama)

Eddie Redmayne, em The Theory of Everything

Melhor Ator Secundário

J. K. Simmons, em Whiplash

Melhor Atriz Secundária

Patricia Arquette, em Boyhood

Melhor Argumento

Alejandro González Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris e Armando Bo, por Birdman

Melhor Filme Estrangeiro

Leviafan, de Andrey Zvyagintsev (Rússia)

Melhor Filme de Animação

How to Train Your Dragon 2

Melhor Banda Sonora Original

Yohan Yohanson, por Theory of Everything

Melhor Música Original

“Glory” em Selma (John Legend, Common)

Prémio Cecil B. DeMille

George Clooney