Como já é sabido, o Estoril Film Festival, organizado pelo produtor Paulo Branco, vai passar a chamar-se Lisbon & Estoril Film Festival e vai decorrer este ano entre os próximos dias 4 e 13 de Novembro. A organização do festival assume “o desafio de tornar Lisboa e o Estoril num ponto de encontro, anual, indispensável para quem o Cinema é não só entretenimento, fascínio, sonho e glamour mas também um motivo de reflexão, de criação, de partilha e, sobretudo, de prazer”.

 

No dia 20 de setembro, realizou-se uma conferencia de imprensa, na Torre de Belém, que contou com a participação do Secretário de Estado da Cultura, Dr. Francisco José Viegas, da Secretária de Estado do Turismo, Dra. Cecília Meireles, do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Dr. António Costa, do Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Dr. Carlos Carreiras, do Presidente do Turismo de Portugal, Dr. Luís Patrão e do Diretor do Festival, Paulo Branco. Segundo o diretor do festival, “a ideia essencial [do festival] sempre foi fazer um encontro de artistas e intelectuais que tenha o cinema como referência. Se o país assumisse essa vocação, poderíamos ocupar na cultura um lugar como Davos é para a economia – temos a energia e a capacidade para que daqui nasçam as ideias que possam marcar a nossa geração”.

 

O Lisbon & Estoril Film Festival 2011, que já vai na sua quinta edição, anunciou que, tal como em Veneza, o filme “The Ides of March”, de George Clooney, e “Restless”, de Gus Van Sant, vão abrir o certame. Já o espanhol Pedro Almodóvar vai encerrar com a exibição de “La piel que habito“.

 

A lista de filmes que vão estar em competição, constituída por uma selecção de 12 filmes, ainda não foi divulgada. A lista de filmes fora de competição é uma lista forte, com boas antestreias, como, “Pá Negre” (2010) de Agusti Villaronga, “Carnage” (2011) de Roman Polanski e “Melancolia” (2011) de Lars Von Trier.

 

Em relação às homenagens, a organização escolheu o cineasta William Friedkin, que é um dos grandes nomes da década de 70, a época de ouro do cinema norte-americano na qual alguns cineastas conseguiram encontrar um genuíno espaço de criação no contexto da indústria cinematográfica, e o cineasta Leos Carax, um realizador de talento incomparável, capaz de arriscar tudo para alcançar os seus objectivos artísticos. O cineasta Wes Anderson vai ter direito a uma retrospectiva com a projeção dos seus sete filmes.

 

A secção In Memoriam é dedicada à atriz francesa Katerina Golubeva e ao grande cineasta Raúl Ruiz, que deixou um incomparável legado de mais de uma centena de filmes, distinguido nos principais festivais internacionais. Um percurso ímpar que o confirma como um dos grandes autores do cinema mundial, responsável por uma obra prolífica e inovadora. Ambos faleceram em Agosto deste ano.

 

O júri da quinta edição é de luxo e diversificado, pois conta com figuras incontornáveis da actualidade, em áreas como a Literatura, a Música, o Cinema ou as Artes Plásticas. A organização escolheu assim, J.M. Coetzee (Prémio Nobel da Literatura em 2003), Paul Auster (escritor/realizador), Don De Lilillo (escritor), Siri Hustvedt (escritora), Peter Handke (escritor), Luca Guadagnino (realizador, argumentista e encenador), Gidon Kremer (Músico) e José Barrias.

 

Filmes fora de competição:

  • Once Upon a Time in Anatolia de Nury Bilge Ceylan
  • Melancolia de Lars Von Trier
  • Un Été Brûlant de Philippe Garrel
  • L’Apollonide (Souvenirs de la Maison Close) de Bertrand Bonello
  • A Dangerous Method de David Cronenberg
  • Restless de Gus Van Sant
  • Saudade de Katsuya Tomita
  • Killer Joe de William Friedkin
  • Faust de Aleksandr Sokurov
  • Le Gamin au Vélo de Jean-Pierre & Luc Dardenne
  • Pá Negre de Agusti Villaronga
  • Carnage (a confirmar) de Roman Polanski
  • The Ides of March de George Clooney
  • Las Razones del Corazón de Arturo Ripstein
  • La Piel que Habito de Pedro Almodóvar
  • Mildred Pierce (a confirmar) de Todd Haynes
Preservar a memória do cinema: 
  • Martin Scorsese e The World Cinema Foundation
  • World on a Wire – Rainer Werner Fassbender
Concertos:
  • Gidon Kremer e Giedre Dirvanauskaite
  • Sophie Auster
Exposições:  
  • Peter Suschitzky
  • Wim Wenders
  • Christopher Doyle
  • Fundação Carmignac Gaza 2010

 

Fonte: Lisbon & Estoril Film Festival